Opinião de são-paulino: pré-jogo Corinthians x São Paulo

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, aqui o espaço é seu. Diga o que espera para o jogo desta tarde entre Corinthians e São Paulo, em Itaquera, pelo Campeonato  Brasileiro.

10 comentários em “Opinião de são-paulino: pré-jogo Corinthians x São Paulo

  1. Com todo o respeito ao Bauza, mas ele precisa ensinar ao time a malícia de jogar decisões, clássicos.

    O time tem que tocar a bola, esfriar o jogo quando está ganhando, tocar a bola fácil, com segurança.

    Um time que quer vencer não pode ter um jogador como o Centurión, que desperdiça a posse de bola toda vez que recebe um passe.

    Mais uma vez, temos um time que até tem um certo potencial, mas mais uma vez, não tem o devido controle emocional e a frieza quando se tem a posse de bola.

    Frieza essa que tínhamos na era Telê. Não era esse futebol horrível de chutar a bola pra qualquer lado e com Centurión tomando decisões sem lógica alguma.

  2. Paulo Pontes, você achar que seria uma boa criar um espaço para comentarmos durante o jogo, uma vez que temos um para antes do jogo e outro depois da partida.

    O jogo está 1×1 e mais uma vez, tomamos gol numa bobagem.

    Difícil acreditar nesse time ultimamente. Parece que não tem o devido controle emocional. É preciso começar a tratar o Corinthians como um adversário mais comum, essa rivalidade mais atrapalha do que ajuda.

    Tem que ter a cabeça fria e jogar futebol. Não podemos confundir raça com falta de inteligência emocional durante o jogo.

    O time deveria tocar a bola com calma, administrar a posse e envolver o adversário. Se tivesse feito isso para esfriar um pouco, poderia não ter sofrido esse gol patético.

  3. Como disse o Luiz Guilherme, é inadmissível chegar a um clássico com o time desmontado por vendas. A torcida pode compreender a ressaca da desclassificação e pode desculpar as contusões. Mas é inaceitável deixar o time esburacado no meio do calendário. Somos presa fácil hoje.
    Só não me venham tentar derrubar o técnico em caso de derrota.

  4. Futebol é jogo, e, como tal, o imponderável é responsável por mais da metade dos resultados. Na outra metade, pontuam: força física, treinamento, confiança. Assim é que, de-repente, o Paulista de Jundiaí ganha uma copa do Brasil; o Paissandu vence o Boca na La Bambonera o Leschister (?) é campeão inglês.
    O SPaulo não está tão mal servido de jogadores, como gostamos de proclamar. Acho que precisamos melhorar a parte tática e física do time e isto não depende dos jogadores e, sim, da comissão técnica. Conseguido isto, vamos voltar a ter esperança e descobrir novos “craques” que nos trarão alegrias que há algum tempo nos tem sido negadas.
    Mais uma vez estamos recomeçando…

  5. O que a diretoria pretende com um ataque com Centurion , Ytalo e Gilberto.??. Meu Deus… devolvam nosso São Paulo que esta morto a anos .

    Centurion , Ytalo e Gilberto é ataque de equipe de série B .

  6. Corinthians vence fácil o fraquissimo time do São Paulo dos três patetas , Leco , Gustavo e Ataíde.

    Um elenco que já era fraco imagine agora sem Calleri , Ganso e Alan Kardec.

    Corinthians vence hoje por 3 a 0 sem forçar muito.

  7. Com um time de ressaca mental, cansaço, pouco treino, desfalques e no campo em que nunca venceu, somos a zebra. O que nos resta é ir para a guerra.
    Apesar de tudo, não somos aquele time banana do ano passado que tomou de 6. Sem categoria, mas com vergonha na cara.
    Vamos à luta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.