Nova chance de furar G-4 anima São Paulo para enfrentar Atlético-MG

Fora da zona de classificação para a Copa Libertadores desde que Milton Cruz o deixou provisoriamente na quarta colocação, com um jogo a mais do que o Botafogo, após a oitava rodada, o São Paulo tem nova chance de entrar no G-4 neste meio de semana, dependendo, para isso, de combinação com mais dois jogos.

Além de ter que derrotar o Atlético-MG, em Belo Horizonte, o Tricolor precisa contar com tropeços de Vasco e Botafogo. O time cruz-maltino joga no mesmo dia e teria que perder para o Palmeiras, em São Januário. Já o Botafogo, quinto colocado, pode, no máximo, empatar com o Internacional, também como mandante, na quinta-feira.

Esse é o objetivo que move o São Paulo, o qual vê a luta pelo título cada vez menos palpável. A distância para a liderança, atualmente ocupada pelo Fluminense, é de 14 pontos (36 contra 50).

“Tem que ser uma coisa de cada vez. Não adianta falar de título, estamos distantes. Mas do G-4, estamos a três pontos. Então temos que falar de G-4. Não vencemos jogos que eram fundamentais para isso, contra Internacional, que estava na nossa cola, e o clássico contra o Santos. Mas ainda temos que pensar no G-4”, diz o volante Casemiro.

O desafio seria difícil já por depender de resultados alheios. Mas o Atlético, adversário de quarta-feira, é complicado por si só. Trata-se da equipe que mais rodadas esteve na ponta da competição nacional até o momento e está a dois pontos do líder Fluminense, com um jogo a menos.

“Seria bom vencer. Aumenta a autoestima, ainda mais por ser um clube que estava liderando o campeonato todo. É também um concorrente lá de cima, então é bom tirar ponto deles. Mas existe respeito, porque o Atlético tem todos os méritos de ter ficado em primeiro lugar”, avalia Casemiro, presente na vitória por 1 a 0 sobre os mineiros, no primeiro turno.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*