Na reapresentação, Ademilson aparece com o pulso enfaixado

O elenco são-paulino se reapresentou nesta segunda-feira, no CT da Barra Funda, após o clássico diante do Santos, no último domingo. Como de costume após uma partida, os titulares fizeram atividades regenerativas. Já os atletas que não atuaram os 90 minutos no jogo foram para o campo. O atacante Ademilson, que atuou cerca de 30 minutos na partida, apareceu com uma faixa no pulso direito, mas não preocupa.

Em uma tarde ensolarada na capital paulista, os jogadores do São Paulo voltaram às atividades. Os titulares participaram da atividade regenerativa. No início, um leve e rápido treino na academia. Depois foram para a piscina e, em seguida, liberados. Já os atletas que não atuaram os 90 minutos foram para o gramado.

Divididos em duas equipes, uma de colete azul e a outra sem colete, os atletas fizeram um treino técnico, de dois toques, com o campo reduzido. Com oito jogadores de cada lado, dois deles ficaram posicionados ao lado das traves, para servir aos companheiros e ajudar na velocidade da troca de passes. O volante Rodrigo Caio teve grande desempenho, arriscando chutes de longa distância e marcando vários gols. Cícero, Willian José e Lucas Farias também se destacaram. Toda a atividade foi supervisionada por Ney Franco, que apenas comentava os lances com seus auxiliares.

O goleiro Rogério Ceni foi a exceção. Ele apareceu na academia e, em seguida, ao lado do também goleiro Leonardo, correu ao redor do gramado.

Com uma faixa no pulso direito, Ademilson também chamou atenção. O atleta movimentou-se normalmente, até sofreu uma dividida, protegeu-se com o braço direito, expressou dor, mas continuou na atividade. Após o treinamento, questionado pela reportagem do LANCE!, o Dr.Sanchez apenas alegou que o camisa 11 havia sofrido uma pancada na região, mas não é motivo que o impeça de estar à disposição de Ney Franco contra o Atlético-MG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*