Notas dos jogadores

Thiago Volpi: Sem culpa nos gols. 5

Juanfran: bom primeiro tempo, caiu muito no segundo. 5

Bruno Alves: ótimo primeiro tempo, desabou no segundo. 4

Arboleda: errou passes, saídas e não estava em seu lugar na hora do pênalti 3

Reinaldo: não jogou o que se esperava. 4

Luan: bom primeiro tempo, se perdeu completamente no segundo. 4

Daniel Alves: muitos passes errados. Chamou a responsabilidade, mas foi mal 4

Igor Gomes: não é meia para o São Paulo. 3

Antony: bom primeiro tempo, mas também caiu muito jogando como meia no segundo. 4

Pablo: horrível. 3

Vitor Bueno: até gol contra ele fez. 2

Raniel: mudou alguma coisa? 3

Helinho:mudou alguma coisa? 3

Gabriel Sara: jogou pouco tempo. Sem nota

Fernando Diniz: só não vou dizer “chega” porque ainda espero a quarta-feira. Mas será “chega”! 1

Paulo Pontes

6 comentários em “Notas dos jogadores

  1. Espero que o presidente se espelhe no “banana” e mude tudo pra 2020!
    E a torcida tbm! Não canse de protestar para tudo mudar!
    Leco não vai largar o osso que demorou anos pra roer. Teremos que aturar mais um ano!
    Enquanto isso que mudemos jä!
    Pra que Hernanes e Pato no banco?
    Pra que goleiro reserva de 10 milhões?
    Pra que Hudson no banco?
    Vamos protestar e mudar tudo!
    Quarta o Morumbi tem que estar cheio!
    O jogo será o mais importante da temporada!!!!
    Vamos nação

  2. Nem sei o que dizer desse timeco vagabundo, nem decepção sinto mais, porque essa vergonha já vem de anos, uma década inteira passando vergonha, batendo recordes negativos e humilhações. Isso desde o canalha cachaceiro do Juvenal até hoje, com a mesma corja no.poder, esse bando de abutres que enquanto não falirem o clube não saem.

  3. Eu ja estou de saco cheio com esse Arboleda, todos jogos decisivos ele falha, e só prestar atenção em jogos decisivos vcs vão verificar.
    Alias os tres zagueiros nossos são uma negação.

    • O problema é que, mesmo conseguindo a vaga direta para a Libertadores, vamos voltar a enfrentar times mais estruturados, treinados e competitivos, que não conseguimos vencer. Ou seja, vamos fazer o que na Libertadores?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.