No São Paulo, Lúcio vive expectativa de jogar sua primeira Libertadores

Mesmo já tendo estreado com a camisa do São Paulo no sábado, na vitória por 2 a 0 sobre o Mirassol, pelo Paulistão, Lúcio segue ansioso. A expectativa do zagueiro agora é em realizar seu primeiro jogo de Libertadores da América, nesta quarta-feira, quando o Tricolor enfrenta o Bolívar.

Apesar da lista de títulos internacionais (são oito na Alemanha, sete na Itália e três com a Seleção Brasileira), Lúcio não tem experiência na Taça Libertadores, pois nos anos em que defendeu o Internacional, o clube não participou da competição.

– Desde que surgiu a possibilidade de retornar ao Brasil, sempre ressaltei a minha vontade em disputar a Libertadores. Cheguei ao São Paulo, e isso, hoje, é uma realidade pra mim. Já participei de Copas do Mundo, jogos internacionais e Mundial de Clubes, mas jogar essa competição é algo que me deixa ainda mais motivado. Teremos dois dias de preparação e, tenho certeza, chegaremos preparados para enfrentar o Bolívar – declarou Lúcio.

Diante dos bolivianos, o zagueiro deve se deparar com uma festa bem maior que a realizada no sábado, quando pouco mais de 14 mil são-paulinos compareceram ao Morumbi. Com o time de volta ao torneio após dois anos fora, a torcida promete lotar o estádio nesta quarta-feira.

– A presença do nosso torcedor será muito importante. Esperamos um estádio lotado para que, das arquibancadas, nos empurrem em busca de uma vitória que será fundamental para as nossas pretensões – disse o jogador.

O São Paulo terá que dividir suas atenções entre o Campeonato Paulista e a Libertadores. No final de semana, o time enfrenta o Atlético Sorocaba em casa, e depois viaja para La Paz, onde enfrentará o Bolívar e a altitude em busca de uma vaga na fase de grupos da competição sul-americana.

– Ter um elenco que sempre corre atrás do resultado, que tem garra durante os 90 minutos de uma partida, é muito importante. Nosso time sabe aonde quer chegar e o que quer conquistar. Isso é o primeiro passo para sairmos vencedores. Vamos para a disputa da Libertadores com esse pensamento, com esse intuito. Sabemos que ainda temos muito a evoluir, e isso vai acontecer com o decorrer das partidas – finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*