No Morumbi, M1TO descarta favoritismo em clássico

Dos prováveis jogadores que estarão em campo no próximo sábado, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro,  o goleiro Rogério Ceni certamente é o que mais entende de Choque-Rei. Com a camisa do Tricolor, o M1TO disputou nada menos do que 51 partidas contra o rival Palmeiras.

Ao todo, são 22 vitórias, 14 empates e 15 derrotas – aproveitamento de 51,6% dos pontos disputados. Além disso, o time palmeirense é uma das principais vítimas do maior goleiro-artilheiro da história do futebol: são sete gols neste período.

Apesar dos números, Rogério Ceni descarta qualquer favoritismo no sábado, mesmo jogando diante da torcida são-paulina. Com 43 pontos, o Tricolor está na quinta colocação e luta por uma vaga no G4, enquanto o adversário está na zona de rebaixamento no Brasileiro.

“Se no jogo entre Fluminense (líder) e Atlético-GO (lanterna) não tinha favorito, imagina agora em um clássico, mesmo sendo no Morumbi. É um jogo que pode ser decidido numa bola parada. Futebol não tem mais lógica, acabou. É um momento ali, um gol, uma expulsão, e o jogo se desenha”, disse Rogério Ceni.

Se clássico é decidido nos detalhes, o camisa 01 vê no Tricolor um grande diferencial: Lucas. Muito amigo do camisa 7 fora das quatro linhas, o goleiro enaltece a qualidade do companheiro e acredita que ele poderá fazer a diferença.

“O Lucas é o jogador mais importante do nosso time, faz a diferença em jogadas individuais e se dedica muito pelo time. Jogador assim é um diferencial para qualquer equipe”, completou Rogério. Após a Seleção Brasileira, Lucas retornará ao São Paulo nesta sexta-feira e ficará à disposição do técnico Ney Franco.

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*