Ney Franco vê São Paulo forte para conquistar a Sul-Americana

Tão logo desembarcou no hotel onde a equipe está hospedada na cidade de Santiago, o técnico Ney Franco teve uma longa conversa com a comissão técnica. Entre os assuntos abordados, o atual momento do time e as perspectivas para um final de temporada vitorioso à frente do Tricolor.

Em bate papo com o Site Oficial, o treinador falou sobre o confronto com a atual campeã da Copa Sul-Americana e a reta final da temporada 2012, que segundo ele, promete.

  • São Paulo x La U

Um confronto de muito equilíbrio. Vejo o São Paulo com potencial de fazer um bom jogo aqui em Santiago e dar o primeiro passo para se classificar. Vamos jogar buscando fazer gols, de preferência vencer a partida. Foi assim contra o Bahia. Já no confronto contra a LDU de Loja, o gol fora nos classificou. Por isso não podemos abrir mão do ataque.

Vai ser um confronto bem diferente do que encontramos na fase anterior. A LDU tinha uma proposta bem defensiva. Já a Universidad de Chile joga pra frente e muitas vezes deixa a defesa exposta. Temos que aproveitar isso.

  • Copa Sul-Americana

A competição em si tem duas características importantes que devemos ressaltar:

A adaptação à arbitragem. Já sentimos isso contra a LDU. É uma forma diferente de arbitrar e não podemos deixar os erros de arbitragem tirar a concentração.

Outra coisa são escolas diferentes de jogar futebol. A LDU vinha com uma postura bem defensiva, já o time chileno usa três zagueiros, uma linha de quatro no meio e três atacantes. Dentro dessas características, você tem que se adaptar. No Brasileiro, por exemplo, já sabemos exatamente o que vamos encontrar, a forma como joga o adversário, as características dos jogadores. Nessa competição, por mais pesquisa que se faça, as decisões vem dentro do jogo.

  • Enfrentar o atual campeão

É muito interessante. Gosto de jogar com equipes que você divide responsabilidade, é um clássico. Por mais que o São Paulo tenha um histórico de vitórias maior, a La U vive um momento especial, chama a atenção do futebol sul-americano em geral. São duas escolas ofensivas. Serão dois confrontos muito equilibrados e confio que podemos passar.

  • Melhor momento

Sem dúvida é nosso melhor momento desde que cheguei, pelos números até. Estamos bem nas duas competições, ganhando consistência.

No Brasileiro, somos a segunda melhor campanha, melhor defesa do turno e estamos bem próximos do objetivo que é a vaga na Libertadores. Ao mesmo tempo que crescemos no Brasileiro continuamos bem na Sul-Americana. A gente vive um momento especial, batendo na tecla com os jogadores que podemos ir longe nas duas. É isso que cobro e que espero.

  • Quando o time encaixou?

Foi contra a Portuguesa. Um pouco antes daquele jogo estávamos quase encaixando, mas foi ali que o time pegou a forma de jogar. O Paulo Miranda na lateral, o Wellington voltou e os três atacantes encaixaram. Foi uma vitória consistente, num jogo difícil, pois a Portuguesa vinha muito bem naquela altura. Além da vitória, o time jogou bem, foi absoluto, e os atletas passaram a acreditar na forma de jogar. Temos tudo pra fechar a temporada bem

  • Quatro decisões – La U / Fluminense / La U / Grêmio

Nossa equipe está preparada para essa maratona, o ambiente mostra isso. Não vamos precisar mudar nossa forma de jogar, pois além daqueles jogadores que estão sendo escalados no time titular, hoje você olha para o banco e tem opções de mexer. Nosso time sabe como jogar, crescemos num momento importante e a expectativa é confirmar nossa boa fase nesses quatro jogos.

  • PH Ganso

Ele finalizou a primeira etapa da preparação, está recuperado. Até domingo vamos dar ênfase na parte física, uma intertemporada. No domingo vamos sentar e conversar sobre a semana que passou e a semana que virá para traçar novos treinos. Pensando, lógico, em contar com ele nesta reta final.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*