Ney Franco quer São Paulo adaptado a estilo da arbitragem sul-americana

O São Paulo enfrenta nesta quarta-feira a Universidad de Chile pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, às 21h, no Estadio Nacional, em Santiago.

E para que o Tricolor consiga trazer um bom resultado para a partida no Pacaembu, o técnico Ney Franco quer seus atletas focados durante todo o jogo, principalmente por conta da arbitragem sul-americana.

– A competição (Sul-Americana) tem duas características que devemos ressaltar. Uma delas é a adaptação à arbitragem. Já sentimos isso contra a LDU de Loja (ECU). É uma forma diferente de arbitrar e não podemos deixar os erros de arbitragem tirar a concentração – disse o treinador, em entrevista ao site oficial do clube.

O confronto desta quarta à noite terá trio de arbitragem uruguaio. Martín Vásquez será o juiz, que contará com a companhia dos assistentes Miguel Nievas e Marcelo Costa. Vásquez e Nievas estiveram na última Copa do Mundo, em 2010, na África do Sul.

Além das diferenças entre as arbitragens brasileira e sul-americana em geral, Ney também destacou as distintas formações de La U e São Paulo.

– Outra coisa são escolas diferentes de jogar futebol. A LDU vinha com uma postura bem defensiva, já o time chileno usa três zagueiros, uma linha de quatro no meio e três atacantes. Dentro dessas características, você tem que se adaptar. No Brasileiro, por exemplo, já sabemos exatamente o que vamos encontrar, a forma como joga o adversário, as características dos jogadores. Nessa competição, por mais pesquisa que se faça, as decisões vem dentro do jogo – completou o comandante.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*