Ney Franco prevê ajustes, mas esquema falho com Leão segue em alta no São Paulo

Durante a primeira semana de trabalhos no São Paulo, Ney Franco fechou treinamento tático e prometeu mudanças no esquema de jogo da equipe. Mas ficou só nisso. Em campo, o Tricolor apresentou as mesmas falhas do antigo treinador Émerson Leão e viu o Palmeiras dominar a grande parte do jogo.

Nem mesmo quando passou a ter um jogador a mais, com a expulsão de Henrique, o São Paulo conseguiu ser superior. O pensamento do novo comandante era que peças que não funcionavam com Leão tivessem uma nova postura dentro de campo, mas Casemiro e Cícero novamente deixaram a desejar.

Os dois, inclusive, haviam sido barrados e substituídos por Maicon e Rodrigo Caio na vitória sobre o Coritiba, um dos jogos em que Milton Cruz assumiu o comando da equipe. Além disso, o time do Morumbi também foi distribuído de outra forma e atuou com três zagueiros.

“Futebol não é igual a leite, em que você mistura com chocolate e está pronto. Precisa de tempo para ajustar. Estou nesse momento. Saio desse jogo com conhecimento maior. Agora, tenho condição de rever a partida, mostrar o que deu certo e errado para os atletas. Depois, vamos para campo e treinaremos, fazendo os ajustes. Isso só vem com os jogos, principalmente agora com partidas quarta e domingo”, analisou o treinador, que admitiu que o rendimento da equipe foi abaixo do esperado.

Mesmo sem dar um prazo para que o time entenda o seu modo de trabalho e pensamento, Ney Franco tratou de comemorar o ponto conquistado fora de casa.

“Eu concordo que o São Paulo jogou abaixo, mas não foi porque mudou a maneira de jogar, prefiro ir em outras questões. Contra o Coritiba atuou em casa e contra um time desfalcado e contra o Cruzeiro jogou de forma competente em outro esquema. Hoje quis deixar o time mais a frente”, avaliou.

O grande problema de Ney Franco deve ser mesmo o meio de campo. Nas outras posições, as vagas estão bem definidas com Denis no gol, pelo menos até o retorno de Rogério; Toloi e Rhodolfo na zaga; Douglas e Cortez nas laterais e Lucas e Luis Fabiano no ataque. Jadson e Denilson ainda estão com a moral elevada, mas este último será problema para o jogo contra o Vasco, na quarta-feira.

“Eu acho que cometemos alguns erros, mas são erros que podemos consertar. Eu só sei que no próximo jogo já temos um problema, já que o Denilson levou o terceiro amarelo. Temos que melhorar a articulação no meio de campo”, previu.

Fonte: Uol

Um comentário em “Ney Franco prevê ajustes, mas esquema falho com Leão segue em alta no São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*