Ney celebra reação e virada: ‘O importante foi a mudança de atitude’

O São Paulo sofreu uma pressão enorme nos primeiros 20 minutos do clássico com o Corinthians, neste domingo, no Pacaembu: levou um gol e poderia ter sido goleado ainda no primeiro tempo. No entanto, reagiu e buscou a virada por 2 a 1, dois gols de Luis Fabiano. O resultado aproximou o time do G-4 do Campeonato Brasileiro e deu moral para o técnico Ney Franco, que elogiou muito o centroavante, mas ressaltou a tranquilidade que a equipe teve para se recuperar dentro do jogo.

– Em 30 minutos o Corinthians perdeu oportunidades demais. No segundo tempo fomos melhores, aproveitamos o momento e por isso estamos comemorando muito essa vitória. O principal foi conquistar três pontos, mas importante mesmo foi a mudança de atitude da equipe dentro do jogo – disse Ney.

O retorno triunfal de Luis Fabiano também foi motivo de festa para o técnico. O centroavante ficou seis jogos fora da equipe se recuperando de um estiramento na coxa esquerda, mas voltou com fome, cheio de vontade. Graças a ele, o São Paulo está na quinta colocação, com 31 pontos na tabela do Brasileirão, a quatro do Vasco, quarto colocado.

– Quando joga, o Luis Fabiano faz o dever dele, que é o gol. Tem essa capacidade. Se tivesse jogado todas, talvez estivessemos melhores em termos de pontuação. Mas o importante é que fechamos o turno com uma boa vitória, e agora é preciso ter competência para ter um desempenho melhor no segundo – explicou Ney Franco.

O técnico destacou outra mudança importante durante a partida: a inversão dos laterais. Douglas, que começou na esquerda, foi para a sua posição de origem, na direita. O zagueiro Paulo Miranda, improvisado, fez o caminho contrário. Ney Franco teve de fazer essas alterações porque Cortez estava suspenso.

– A mudança surtiu efeito porque pudemos liberar mais o Douglas. Estávamos com duas improvisações no início do jogo. Com o retorno do Douglas para a direita, ficamos só com uma. Seguramos o Paulo Miranda pela esquerda e conseguimos melhorar, organizar melhor o time – analisou o comandante.

O São Paulo volta aos treinos nesta segunda-feira e já pensa no jogo de quinta contra o Botafogo, às 21h, no Morumbi. A intenção é engatar uma sequência de vitórias e chegar o mais rapidamente possível ao grupo dos que se classificam para a Taça Libertadores.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*