Ney admite fase ruim de Willian José e pede sombra a Luis Fabiano

O São Paulo disputou na noite da última quarta-feira a sua 66ª partida na temporada. Contra a LDU de Loja, pela Copa Sul-Americana, a equipe entrou pela 30ª vez sem seu principal atacante. Luis Fabiano sofreu sua sétima lesão em 2012 e não pôde jogar. E, como já virou praxe, quando o camisa 9 não está em campo, o time sofre para se acertar. Sem poder de fogo, o Tricolor ficou no 0 a 0 com a equipe equatoriana e só avançou às quartas de final porque havia marcado um gol fora de casa – o jogo de ida, disputado no Equador, dia 26 de setembro, terminou 1 a 1.

O técnico Ney Franco escolheu Ademilson para iniciar a partida contra a LDU. No entanto, o atacante revelado nas categorias de base teve atuação apenas regular. Na etapa complementar, a falta de força ofensiva provocou até uma discussão entre o treinador e o goleiro e capitão Rogério Ceni. Enquanto o comandante optou pela entrada de Willian José, o camisa 1 preferia que Cícero tivesse sido escolhido.

Na entrevista coletiva após a partida, o técnico deixou claro que, para 2013, um reforço precisará ser contratado para ficar como sombra do Fabuloso. O alvo da diretoria é Aloísio, do Figueirense, com quem a diretoria já tem conversas adiantadas.

– Eu sou o treinador e tenho a responsabilidade de ver o que está dando certo e o que não está funcionando. Precisamos de outras opções ofensivas principalmente nas fases finais do campeonato. Necessito de mais uma referência para que o time não fique totalmente dependente de um jogador – ressaltou.

No elenco atual, Willian José é a opção imediata de Luis Fabiano. Ele é o vice-artilheiro da equipe na temporada, com 13 gols, mas há tempos que não tem uma boa atuação. Nos jogos realizados no Morumbi, a rejeição do torcedor é muito forte e o jogador sente.

– O Willian já teve oportunidades e atendeu em alguns jogos. Mas é vaiado em todo jogo que entra no Morumbi. Quando o chamei para conversar, já começaram as reclamações. E o William sente essa situação. Acredito que ele tem potencial enorme e torço para que fique em 2013 para que possamos prepará-lo melhor. Precisa ter mais personalidade – afirmou.

O contrato de Willian José termina no dia 31 de dezembro e dificilmente será renovado pela diretoria.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Ney admite fase ruim de Willian José e pede sombra a Luis Fabiano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*