‘Não quero causar trauma com mudanças radicais’, afirma Osorio

Juan Carlos Osorio concedeu a primeira entrevista coletiva depois de assumir, de fato, o comando do time do São Paulo. O treinador colombiano admitiu que a estreia contra o Grêmio neste sábado dará ‘frio na barriga’ e disse que evitará mudanças profundas no time em um primeiro momento.

“Prefiro o que Milton estava fazendo. Não quero causar trauma com mudanças radicais. Com trabalho, vai haver mudança. Vamos ver as possibilidades”, disse Osorio.
O treinador colombiano disse também que dará oportunidade a todos os jogadores do elenco, colocando em prática o rodízio mencionado por ele na apresentação.
“Vou dar oportunidade a todos do plantel, nas partidas. Para ver o rendimento no Morumbi e em outros estádios. Para ver como é a pressão. Estou muito contente com o grupo atual”, afirmou.
Segundo o treinador colombiano, no futuro o time se defenderá com três jogadores (dois zagueiros e um volante). No ataque, Osorio confirmou que irá escalar, no futuro, dois atacantes abertos nas pontas e um centroavante.
“Temos um time jovem em algumas posições. Depois de trabalhar no campo, vamos ter uma boa equipe”, garantiu o treinador colombiano na véspera da partida diante do Grêmio.
Fonte: Uol

Um comentário em “‘Não quero causar trauma com mudanças radicais’, afirma Osorio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.