Após longa novela, joia da base do São Paulo assina novo contrato

O presidente Carlos Miguel Aidar firmou, nesta sexta-feira, a renovação contratual de Joanderson, joia da base do São Paulo. O acordo, que vinha sendo negociado desde o início do ano, enfim foi concretizado, com vínculo até junho de 2018.

– Estou muito feliz por ter acertado as coisas com o São Paulo e de poder voltar a trabalhar no clube. Espero fazer história com essa camisa – disse o garoto, após a assinatura, por telefone.

Aos 19 anos, Joanderson não participou de nenhuma partida com a camisa tricolor nesta temporada. Como seu contrato se encerrava logo após a Copa São Paulo de Futebol Júnior, foi excluído da lista da competição. Sem acordo, deixou o CFA (Centro de Formação de Atletas) de Cotia em fevereiro, para onde volta nos próximos dias para compor o elenco da equipe sub-20.

Da mesma geração de Auro, Boschilia e Ewandro, o atacante canhoto tinha outras propostas e quase deixou o clube após a Copinha. Para segurá-lo, o São Paulo exerceu o seu direito de preferência de renovação, previsto pela Lei Pelé, e protocolou a proposta na Federação Paulista de Futebol. Em abril, o novo vínculo chegou a ser anunciado pelo BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, mas as negociações recomeçaram. Após longa novela, o Tricolor e o empresário Paulo Pitombeira chegaram ao acordo que manteve Joanderson no clube.

Quem é

No Tricolor desde 2011, quando entrou no sub-15, Joanderson marcou 27 gols em 31 jogos em 2013, ano em que foi campeão e artilheiro da Copa do Brasil sub-17, chegando à seleção e disputando o Mundial da categoria nos Emirados Árabes. Em 2014, fez 18 gols, sendo sete na Weifang Cup, torneio sub-19 disputado na China, em que foi goleador e eleito melhor jogador.

 

Fonte: Globo Esporte

7 comentários em “Após longa novela, joia da base do São Paulo assina novo contrato

  1. Na minha modesta opinião, somente devemos comprar em último caso, depois de se esgotarem todas as possibilidades com a base. E outra, comprar apenas jogadores que serão titulares absolutos, jamais para compor elenco, para isso que temos a base, cada jogador que chega de fora para compor é uma vaga a menos para os meninos.

  2. Tem que subir todas os chamados joias e dar oportunidades, pois com Rinaldo e Souza, é impossível piorar. Pelo menos serão valorizados, enquanto que esses aí citados só vão comer e dormir.
    E no final do ano, mana embora os “craques” e ficam com os garotos e boa. Pior que tá não deve ficar.

    E tem o Denilson também que esqueci de mensionar.

  3. Só falta renovar com o Gustavo Hebling, em seguida subir o garoto, e dá oportunidade para todos eles. Hebling, Auro, Ewandro, Joanderson, Boschilia, João Paulo e Mateus Reis. Ah, tem um Mateus Queiroz q joga junto com o Hebling, q é mto bom tbm, sobe logo esse. Aí, vende os medalhões para fzer caixa, os casos de: Souza, Denilson, Reinaldo, Edson Silva…

      • No caso esse seria o Mateus Queiroz, que na minha modesta opinião no juniores comparando com esse Reinal
        do é infinitamente melhor não sei se no profissional ele se sustenta, mas para isso é preciso coloca- lo para jogar no lugar desses dois laterais (Carlinhos e Reinaldo Meu DEUS) que são uma desgraça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.