Muricy vai aproveitar pré-temporada nos EUA para arrumar defesa tricolor

Após a partida deste sábado, contra o Atlético-MG, no Morumbi, o São Paulo só voltará a campo pelo Campeonato Brasileiro no dia 16 de julho, para enfrentar o Bahia, em Salvador. Neste período inativo, o elenco são-paulino fará uma pré-temporada nos Estados Unidos, onde Muricy Ramalho vai aproveitar o tempo para arrumar a equipe.

Isso porque, ao mesmo tempo em que está satisfeito com o desempenho ofensivo (o São Paulo tem o segundo melhor ataque do torneio com 14 gols), ele está incomodado com a defesa, que foi vazada 11 vezes em oito partidas.

– Esse número de gols tomados está muito alto. E quanto eu falo que precisamos melhorar isso, não é apenas o sistema defensivo. A marcação, quando bem feita, começa lá na frente. Estamos pecando nisso – afirmou o treinador.

Muricy diz que a parada do Brasileirão será um pouco maior do que deveria ser.

– O campeonato deste ano é atípico. Quando o torneio começa a ficar bom, com muita gente embolada, para tudo. Isso esfria a competição. Todo mundo vai descansar um pouco e depois fazer uma pré-temporada maior do que deveria. Esse tempo maior é que falta no começo do ano. Vamos aproveitar a viagem para aprimorar primeiro a parte física. Depois, vamos fazer os ajustes técnicos e algumas mudanças táticas – ressaltou.

A delegação tricolor viaja para os Estados Unidos no dia 14 de junho. Lá, ficará hospedada em Orlando. Um amistoso contra o Orlando City, time que disputa a primeira divisão do futebol norte-americano, já foi confirmado para o dia 20 de junho. O São Paulo ainda quer marcar pelo menos mais uma partida. Na volta, como os CTs ainda estarão cedidos a Colômbia e Estados Unidos, o grupo terá de fazer seus treinamentos no estádio do Morumbi.

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Muricy vai aproveitar pré-temporada nos EUA para arrumar defesa tricolor

  1. Esse negócio dele falar que a marcação deve ser feita por todo o time é verdade, mas dos 11 gols tomados, pelo menos 6 foram devidos a falhas individuais.
    Assim, o problema maior é a baixa qualidade técnica dos defensores e as falhas do R. Ceni que estão se tornando mais frequentes.

    • Boa noite, Nação.

      Concordo plenamente. Acho que falta também uma entrega maior de alguns atletas, Pato, Maicon, Lucão (que acho fraquíssimo). Veja o exemplo do Douglas que é limitado, mas entrega não se pode reclamar dele. Souza é um leão, Antônio Carlos, Fabuloso voltar a ser competitivo, Oswaldo falei de 5 jogadores, um time se faz de 11, ou seja, estamos sempre em desvantagem nos jogos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*