Muricy prepara terreno para Kardec e, insatisfeito, pode sacar Ganso

Ao sacar Paulo Henrique Ganso do time titular no treino de ontem, Muricy Ramalho não estava apenas testando opções para o time que enfrenta o Coritiba, amanhã, no Pacaembu. A atitude também representa, novamente, insatisfação do treinador com seu camisa 10 e uma espécie de aviso: Alan Kardec vem aí.

A apática atuação do meia contra o Cruzeiro, no último domingo, em Uberlândia, deixou Muricy muito insatisfeito e já com pensamento de mudanças. Foi o segundo jogo consecutivo que Ganso não teve atuação destacada, pois também foi discreto contra o CRB-AL, em Maceió, pela Copa do Brasil.

O que mais incomoda a comissão técnica, em uma reclamação já utilizada outras vezes, é a pouca dinâmica e participação do Maestro durante os jogos. Foi assim contra Cruzeiro e CRB. Curioso é que as duas atuações vieram após o camisa 10 declarar, na semana passada, que sempre foi acima da média.

A nova queda de rendimento do meia, após ótimo início contra o Botafogo, na estreia no Campeonato Brasileiro, coincide com a acirrada disputa por vagas no ataque são-paulino. No treino desta quinta-feira, Muricy armou a frente com Alexandre Pato, Pabon, Osvaldo e Fabuloso.

E se Ganso não tem o que comemorar, Pato segue em alta com a comissão técnica. Muricy tem gostado da maneira como o atleta se movimenta em campo e abre espaços, ora fazendo a armação. Se a escalação do treino de ontem for mantida, ele deve revezar com Pabon na construção das jogadas.

Para complicar mais a situação de Ganso, o São Paulo espera anunciar a qualquer momento a contratação de Alan Kardec. Ele será mais um concorrente forte, já que, no Santos, com Muricy, atuou várias vezes como meia e substituiu o Maestro quando ele se machucou.

Nesta sexta-feira, Muricy realiza o último treino antes da partida de amanhã. Ganso terá que mostrar novamente que é acima da média.

Fone: Lance

3 comentários em “Muricy prepara terreno para Kardec e, insatisfeito, pode sacar Ganso

  1. O descompasso é tão visível que o sujeito nem foi contratado, poderá jogar somente no segundo semestre e já se fala em preparar um lugar no time, outros que nem oportunidades tiveram, não são relacionados nem para o banco (recebem salário para treinar). Pior, alguns, num dia estão nos planos e no dia seguinte vão treinar em Cotia, é preocupante tamanha falta de coerência.
    Ganso não vem bem, é irregular, todos sabemos, mas, vemos também que Maicon e Rodrigo Caio são muito fracos e estão como titulares absolutos.
    Se Boschilia requer tempo de maturação, por que foi colocado como titular e logo depois sacado?
    Se o tal do Maicon é o cara, porque não colocar Hudson ao lado de Souza e Maicon na armação?
    Sem contar, o esquema tático indefinido, o time está sem padrão de jogo, no mínimo ele assistiu ao jogo de contra ataques do Real Madrid e resolveu voltar com os pontas.
    Comparativo: Di Maria, Bale, C Ronaldo e Benzema ou Pabon, Pato, Osvaldo e LF, quase igual.

  2. Vamo espera pra ve ôÔÔ
    Murici, por favor, maicon karanguejão,
    ?????? porque ?????????
    Valorizar Pato, como armador,
    faz me rirrrrrrrrrrrrrrrrrrr
    Não da mesmo, por isso nossos treneros
    se limitam a nossa casa.
    Não vão pras oropas.

  3. Pois é, ele vê que o Ganso está apático no jogo e quem ele saca do time é o Boschilia que, ao menos, vinha se esforçando muito e não estava pior que o Ganso.
    O Murici, na outra passagem pelo SP, podia ser taxado de retranqueiro mas era convicto. Hoje, após ter enfrentado o Guardiola, perdeu suas convicções e vive “gangorrando” entre tentativas de time, sem se convencer por uma maneira de jogar e persistir nela por um tempo até provar ser boa ou não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*