Muricy pede mudança de postura: ‘Menos discurso, mais trabalho’

Muricy Ramalho volta ao São Paulo depois de quatro anos com a missão de tirar o time da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Conhecido pela frase “aqui é trabalho”, dita muitas vezes durante sua segunda passagem pelo clube, é justamente trabalhando, e no campo, que o técnico espera recuperar a equipe na competição.

– É um momento que nunca vi o São Paulo passar, não tem experiência disso. Volto a repetir, menos discurso, mais trabalho, a única coisa que melhora a situação é resultado, buscar o resultado. Fazer jogador entender que não existe ninguém mais importante que o clube. Hoje o clube está nessa situação que nunca passou, temos de tirar de toda maneira – declarou o treinador, na terça-feira.

Seu antecessor, Paulo Autuori, usa mais as palavras do que Muricy. Logo quando chegou ao Morumbi na metade de julho, Autuori disse que, em razão do calendário apertado fruto da viagem ao exterior, não havia tempo hábil para ir a campo e que o trabalho teria de ser muito mais psicológico do que técnico no início. Muricy reconhece o feito do ex-comandante, mas ratifica que seu ideal de futebol é outro:

– Não conversei ainda com o Paulo… Com certeza ele deve ter conversado muito, acho que esse trabalho ele fez, mas acho que muita conversa, muita reunião, não funciona. Jogador gosta de ser cobrado, e a gente tem de ser cobrado. Todo mundo tem de abrir mão de alguma coisa, vou ser o cara que cobra. Não é ficar só fazendo reunião, a gente precisa ganhar jogo.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.