Muricy pede equilíbrio para São Paulo e quer time mais ‘matador’ nos jogos

Apesar da vitória no clássico contra o Palmeiras, por 2 a 0, na tarde deste domingo, no Pacaembu, o técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, cobrou atenção e objetividade para o Tricolor. O treinador não gostou das chances desperdiçadas e avisou que equipe deve ser “matadora”, mas elogiou segundo tempo são-paulino.

– Eles têm que entender que quando você tem adversário grande, é matar o jogo, precisa matar. Tivemos a chance, mas não matamos. Tomamos o gol de mepate. Vai entrosando, não jogam juntos há algum tempo. Tem Denilson e Souza jogando mais por trás na marcação. Funcionou bem no segundo tempo. Primeiro tempo nao teve profundidade e ficou muito amarrado.

Sobre o segredo para chegar ao título do Campeonato Brasileiro, Muricy acredita que um fator é essencial para tal conquista: o equilíbrio.

– Eu acho que pode acontecer qualquer coisa. O Cruzeiro é mais regular e joga melhor desde o ano passado. Acho que está no lugar certo. Tudo pode acontecer, estamos vendo resultados que a gente não entende. É o equilíbrio. Não tem um super time, todos são parecidos. O São Paulo está nesse bolo também. Se você ganha dois, três jogos, você vai para cima. Pode esperar tudo, tem camisa (no Brasileirão), bons jogadores – concluiu o comandante.

Com a vitória no clássico Choque-Rei, o São Paulo chegou aos 26 pontos, se mantendo na quinta colocação do campeonato e encostando no Fluminense. Agora, o Tricolor tem pela frente o Internacional, na próxima quarta-feira, às 22h, no Beira-Rio.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*