Muricy entende veto e concorda que seria arriscado Kaká jogar

A expectativa de Muricy Ramalho de contar com Kaká diante do Criciúma, no Morumbi, não se confirmou. O treinador esperou até a última hora para saber se o meia se recuperaria a tempo da pancada sofrida na panturrilha direita, mas foi informado na tarde desta sexta-feira de que ele ainda sentia desconforto no local.

A explicação dada pelo chefe do departamento médico, José Sanchez, foi de que o edema na panturrilha poderia ocasionar lesão se o jogadorfosse submetido a esforço. Muricy, então, foi para campo sabedor de que, pela segunda partida seguida, não o teria à disposição.

“Ele estava treinado para jogar, estava se recuperando. Mas, infelizmente, não será possível, porque há um risco muito grande de ele ter que ficar mais tempo fora”, disse.

Comprado pelo Orlando City e emprestado até o final do ano, Kaká fez sua estreia no último domingo, na vitória por 2 a 1 sobre o Goiás, em Goiânia, ocasião em que anotou o único gol são-paulino. A atuação foi admirada pelo chefe.

“Foi um jogo só, mas gostei. Se vê que é um jogador diferente, tudo aquilo que a gente sabe. Ele foi um dos que mais correram, o que surpreendeu. Ficamos muito animados em relação à sequência dele no campeonato. Com ele, muda muito. Além de dividir a armação com o Ganso, é um jogador que chega na área e tem experiência internacional”, comentou.

Uma das cláusulas do empréstimo do jogador estabelece que a renda líquida da primeira partida de Kaká no Morumbi seja repassada integralmente ao Orlando. Vetado pelos médicos neste sábado, o meia deve estrear no estádio em 10 de agosto, contra o Vitória.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Muricy entende veto e concorda que seria arriscado Kaká jogar

  1. Com ou sem Kaká,é OBRIGAÇÃO vencer amanhã,o Criciúma vai jogar igual a chapecoense,se defender e jogar por uma bola,o SPFC ñ pode cair nessa armadilha novamente,Criciúma é fraco assim como a Chapecoense,é OBRIGAÇÃO do SPFC vencer amanhã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*