Muricy entende bronca do Inter por troca, mas reitera: “Daríamos WO”

O técnico Muricy Ramalho concordou com areclamação do Internacional pela antecipação da partida contra o São Paulo, do dia 19 para 12 de novembro, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. A diretoria do Colorado se sente prejudicada e cogita entrar com uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

– O Inter tem toda liberdade para fazer isso. Esse é problema do Brasil. Eles (Inter) não tinham essa logística de vir a São Paulo. O pensamento era o Grêmio. Infelizmente, é assim. Você faz uma programação e daqui a pouco muda. É complicado, sei como é um Gre-Nal. O Inter tem toda razão – afirmou Muricy.

A alteração fez o clube do Rio Grande do Sul somar três partidas fora de casa consecutivamente: Santos, Grêmio e São Paulo. Além disso, o time perdeu o volante Araguíz para enfrentar o Tricolor paulista. O jogador defenderá a seleção chilena nos dias 14 e 18 de novembro. Os colorados se articulavam para que ele fosse liberado da equipe nacional justamente para atuar no Morumbi.

São Paulo e Internacional somam 59 e 56 pontos, respectivamente, no Brasileirão, e ainda sonham alcançar o líder Cruzeiro nas últimas seis rodadas. Os clubes também brigam por vagas na Taça Libertadores de 2015.

Apesar de entender a revolta gaúcha, Muricy diz que o São Paulo não conseguiria chegar à Colômbia se a partida contra o Atlético Nacional, pelas semifinais da Copa Sul-Americana, não fosse tirada do dia 12 – mudou para 19. Neste domingo, o Tricolor pega o Vitória, em Salvador, e teria dificuldades para encontrar voos disponíveis até Medelim.

– Nosso problema não foi com o Inter e, sim, como chegar à Colômbia. Daríamos WO, não existia voo. Não dá para fazer logística. Você classifica e já tem jogo. Não dá nem par fretar. Conseguimos um com muito custo em Criciúma.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*