Contra o Vitória, Ceni terá chance de última revanche contra Ney Franco

Ney Franco é um personagem importante na reta final da trajetória de Rogério Ceni no São Paulo. Técnico da equipe tricolor entre 2012 e 2013, ele teve uma relação conturbada com o goleiro e capitão do time. No domingo, às 17h (de Brasília), os dois vão se reencontrar no estádio Barradão, em Salvador, num duelo válido pelo Campeonato Brasileiro. E isso dará ao camisa 1 a última chance de vingança.

O duelo provavelmente será o último entre Ney Franco e Rogério Ceni – o goleiro tem contrato até o fim da temporada e pretende se aposentar depois disso.

Em agosto de 2013, numa entrevista ao jornal “O Globo”, Ney Franco fez críticas a Ceni e disse que o goleiro “extrapola as funções de capitão”. A avaliação foi reação a um processo iniciado pouco antes, em partida da Copa Sul-Americana. Num confronto com a LDU de Loja, Ceni pediu que Ney Franco colocasse Cícero para atuar como centroavante. O técnico pôs William José e condenou a ingerência.

Depois da entrevista de Ney Franco, Ceni respondeu em entrevista coletiva. “Se eu tivesse toda a influência que ele acha que eu tenho no São Paulo, ele estaria no olho da rua muito tempo antes”, disse o goleiro.

Demitido pelo São Paulo no início de julho de 2013, Ney Franco reencontrou o time duas vezes depois disso e da discussão pública. No mesmo ano, já no comando do Vitória, perdeu por 3 a 2 no Morumbi. Em 2014, dirigia o Flamengo que sofreu 2 a 0 em pleno Maracanã.

O jogo contra o São Paulo foi preponderante para a curta passagem de Ney Franco na Gávea. O técnico foi demitido dois meses depois daquela partida, com um retrospecto de quatro derrotas e três empates em sete partidas.

Depois da curta passagem pelo Flamengo, Ney Franco voltou ao Vitória. O time baiano era o lanterna do Campeonato Brasileiro quando ele voltou, em agosto (15 pontos em 17 rodadas). A realidade não melhorou muito desde então: com 34 pontos em 32 partidas, a equipe rubro-negra está na 16ª posição e ainda tenta escapar do rebaixamento para a segunda divisão.

O jogo do próximo domingo pode manter o São Paulo na luta pelo título do Campeonato Brasileiro de 2014. Mas também terá papel determinante para o futuro do Vitória na competição – faltam apenas seis rodadas para o término da temporada.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*