Muricy elogia, mas não enche a bola de Ganso: “É obrigação fazer isso”

O relacionamento entre Muricy Ramalho e Paulo Henrique Ganso ganha novos episódios a cada jogo do São Paulo. Neste domingo, o meia fez excelente jogada no fim do 2º tempo para dar assistência ao gol de Luis Fabiano, que empatou o placar por 1 a 1 com o Corinthians. Mesmo após o ótimo passe, ele pouco ouviu elogios do comandante, que preferiu falar em obrigação.

“O Ganso fez o que tem de fazer. É função dele participar mais. Ele que faz a ligação, essa é a função”, disse Muricy na primeira resposta sobre o tema.

Após a insistência, ele voltou a falar em obrigação do ex-santista e lembrou que o gol só saiu porque Luis Fabiano foi muito bem ao fazer a movimentação entre zagueiros. “O Ganso mete a bola, mas é obrigação dele estar ali para criar. E tem um cara que faz a diagonal, não adianta só o passador. Tem o que recebe o passe, faz bem a diagonal. Então ele é diferente, mas também quem faz todo o movimento para receber o passe. Esse ano o Luis Fabiano está ajudando, brilhando, não está sendo mais expulso”, completou o comandante.

Além da discussão tática, Ganso também se envolveu em outro episódio com Muricy. Ele viu o jovem Boschillia tomar uma dura do treinador na beira do gramado e separou a discussão. Logo depois, em entrevista à Rádio Globo, disse que tirou o atleta dali para que o assunto fosse discutido no vestiário, não pessoalmente.

As respostas polêmicas envolvendo os dois têm dominado o ambiente pós-jogo do São Paulo. Tudo começou quando Ganso acabou sacado da equipe. Quando voltou a ser usado, o meia deu declarações afirmando que o time escalado sem ele não funcionava, pois há a necessidade de um meia armar para os atacantes.

Em resposta, Muricy usou novamente a palavra obrigação para dizer que o camisa 10 precisaria jogar quando fosse requisitado. Ainda antes disso, Ganso já havia declarado que se considerava diferenciado dos demais meias que estão no futebol brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*