Muricy admite racha no SP e pede tranquilidade para trabalhar

O técnico Muricy Ramalho viu o São Paulo jogar mal nesta quinta-feira, a torcida organizada criticar e ironizar a equipe, mas conseguiu sair vitorioso da partida contra o São Bento, por 1 a 0, no Morumbi. Depois da partida, o treinador foi transparente em entrevista coletiva e admitiu que há uma divisão de pensamentos entre a diretoria e o futebol do clube.

“Ano passado era um lugar praticamente blindado, agora está muito aberto. Vai ser fundamental a torcida abraçar o time, agora precisa vir de volta pra ajudar a classificar. Todos esses detalhes são importantes, e a tranquilidade. Jogador nosso precisa de tranquilidade”, falou, em sua primeira resposta, expondo pela primeira vez as diferenças de ambiente no CT da Barra Funda.

Questionado, o treinador explicou o que vê de errado, e demonstrou que o problema está na relação com a diretoria.

“Acho que a gente está um pouco dividido, a verdade é essa. A gente não pode ficar escondendo”, disse. “Essa pressão é principalmente pra mim, um cara não chega… tem que ter um pouco de coragem, tem que ser forte para chegar e me peitar. Aconteceram fatos nesse ano que não é como no ano passado. Não dá tranquilidade, isso prejudica muito”, completou.

Perguntado sobre se haveria algum problema entre os jogadores, o treinador respondeu negativamente, e mais uma vez apontou para outra direção.

“Jogadores não tem. Esse grupo é muito bom. Não mudou, é praticamente o mesmo. A gente não tem divisão. Negócio chato, que não resolve nada do futebol, está extrapolando. É o seguinte: meu sonho era voltar e me aposentar, encerrar minha carreira aqui. Devo muito a esse clube, à torcida, torcida me trouxe de volta e ainda bem que me trouxe. Depois de ajudar o time a não passar por um desastre, então eu realmente, pela torcida e por tudo que represento, vou lutar sempre… só a hora que realmente, as forças que tem no futebol, para me derrubar. E a gente sabe que tem. Para tentar me derrubar. Eu vou brigar até o último”, falou.

 

Fonte: UOL Esporte

8 comentários em “Muricy admite racha no SP e pede tranquilidade para trabalhar

  1. Típico comentário para desvio de foco!
    Todo clube ou instituição onde a política faz parte de sua administração, vive “rachado”; afinal, sempre haverá, pelo menos, duas correntes se estranhando. Se isto fizesse diferença, nenhum time no mundo jogaria bem.
    No que o fato do Aidar se estranhar com o grupo do JJ, atrapalha a escalação e o treinamento do time? Os jogadores em campo se distanciam tanto um do outro para se protegerem da crise política ou por falta de uma orientação técnica que os mantenham próximos para pressionar o time adversário?

  2. jogador que ganha oque esses caras ganham nao precisam de tranquilidade e sim de carater para aceitar as criticas e dar a resposta dentro do campo,homem de verdade nao foge da raia como fez o ganso apos a derrota para as gaivotas que nao teve coragem de entrar em campo pelo paulistinha com medo das cobranças…verdadeiro cagaço.nao me importo se o tricolor perder desde que essa derrota seja incrementada com muita luta e principalmente com um tesao de jogar futebol, que ha tempos nao vejo no nosso tricolor.infelismente!

  3. Cada vez que vejo uma entrevista do Muricy tenho uma vontade cada vez maior de xinga-lo.
    O time está uma porcaria e está rachado por tua culpa, Muricy.
    Os erros e acertos da Diretoria não tem a ver com as lambanças que você anda fazendo.

  4. Infelizmente apesar de termos escapado do rebaixamento e ter nos levado ao vice do brasileirao, o time nao estava bem e nao esta bem, percebe-se um racha mesmo interno, e nem falo de diretoria pq isso existe mesmo, mas entre jogadores e treinador e comissao tecnica, nao conversam a mesma lingua, e venho falado isso a tempos, é um amontoado de jogadores que parecem baratas tontas, cada um por si e Deus por todos, e a cada jogo fica evidente isso,, como pode um timinho como o Sao Bento nos dar trabalho, mesmo sendo com varios jogadores diferentes, e pq fazer treino fechado, para mostrar aquilo que todos viram ontem, tb nao sou a favor de demissao de treinador simples ainda mais com um torneio importante em andamento, mas se nao fizerem algo agora sera pior mais para frente, deixaria passar essa fase da libertadores se nós nos classificarmos e demitir mesmo o Muricy ja deu que tinha que dar.
    E tem mais o novo treinador tem que ter peito para barrar medalhoes do time e se nao tiver culhao como pede o Alvaro Pereira, tb nao adiantara de nada, sera mais um vexame.
    Por isso que nossa diretoria foi muito lerda, e continua lerda em quase tudo.
    Ou acorda agora ou sera tarde d+.

  5. Gosto muito do Muricy, mas como esta hoje não tem como ou manda ele embora ou troca de presidente, poderíamos seguir no embalo do impeachment e mandar Aidar e CIA para o espaço…mas como sei que isso será difícil….teremos de trocar de treinador, não gosto muito dessa mudanças em cima da hora, porém não vejo outra alternativa….acho que o Leonardo seria uma boa opção. Lembrando que quarta já teremos o jogo do ano para nós ….se não ganhamos em casa será difícil seguir na Libertadores.

  6. O MURICI SÓ FALA BESTEIRA, QUER EXPLICAR A SUA INCOMPETENCIA EM MONTAR UM TIME DIZENDO DO RACHA NO SÃO PAULO, ISSO É CHAMAR OS TORCEDORES DE BURROS, ACHO QUE TEM UM RACHA ENTRE OS JOGADORES E O MURICI, PORQUE ELE NÃO ESCALA O HUDSON DE TITULAR? E O ANTONIO CARLOS? ESTÁ AFASTADO? MACHUCADO? ERA O ÚNICO QUE FAZIA GOLS DE ESCANTEIO E NEM NO BANCO VAI, E ESCALA O LUCÃO. MURICI PEÇA DEMISSÃO OU VOCE SERÁ DEMITIDO LOGO LOGO

  7. Paulo Pontes, boa noite.
    No meu modo de ver o Muricy não quis bater de frente com os jogadores, mais, o grupo tambem esta rachado e, isso vai complicar bastante na libertadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*