Michel Bastos pede inteligência para São Paulo aproveitar crise do Toluca

Goleada sofrida por 4 a 0 no estádio do Morumbi na última quarta-feira. Derrota por 2 a 0 para o Cruz Azul no domingo, resultado que deixou a equipe longe da classificação às quartas de final do campeonato mexicano. O Toluca chega para o jogo decisivo contra o São Paulo em crise, tanto que o técnico José Cardozo já pediu demissão e deixará a equipe logo após a partida de quarta-feira. Para o meia Michel Bastos, o São Paulo tem de ser inteligente e saber utilizar o clima tenso vivido pelo rival a seu favor.

– Espero que esse momento deles seja favorável a nós. É sempre difícil quando você tem de jogar com resultados negativos. Mas é preciso ser inteligente e saber que não tem nada decidido. Precisamos repetir a postura do Morumbi. Independente do resultado do primeiro jogo, o futebol proporciona muitas surpresas, umas positivas e outras desagradáveis. Temos de atacar e buscar o gol quando tivermos a bola. Sem ela, é repetir a pegada mostrada no estádio do Morumbi – disse o camisa 7 são-paulino.

Michel Bastos elogiou o planejamento da diretoria, que decidiu viajar no domingo para que o time tivesse dois dias de treinamento em Acapulco antes de viajar para Toluca, cidade que está 2600m acima do nível do mar. A viagem até o solo mexicano durou 10h30 e aeronave ainda ficou mais uma hora parada em Guayaquil, no Equador, para abastecer.

– Acho muito importante o que está sendo feito. Vale o sacrifício de ficar longe da família, mostra o quando estamos querendo. Além disso, vindo com antecedência, temos tempo para descansar da longa viagem e ainda nos prepararmos para a partida de quarta-feira. Se viéssemos mais perto, poderíamos ter problema com o desgaste – analisou o meio-campista.

Para fechar, o jogador elogia Centurión, que foi titular na partida da última quarta-feira, no Morumbi, mas comemora o retorno do atacante Calleri, que não atuou na ida por estar suspenso pela expulsão contra o The Strongest.

– Ele é o nosso artilheiro, é sempre importante contar com um jogdor como ele. Na primeira partida, o Bauza foi obrigado a mexer e foi muito feliz com a entrada do Centurión, que fez uma grande partida, estava precisando de um jogo assim para ganhar confiança – elogiou o jogador.

Toluca e São Paulo se enfrentam às 17h15 locais (19h15 de Brasília) da próxima quarta-feira, no estádio Nemesio Diez, que tem capacidade para 27 mil torcedores. Com a vantagem conquistada na primeira partida, o Tricolor entra em campo podendo perder por três gols de diferença. Se marcar uma vez, o Toluca será de balançar as redes adversárias seis vezes.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.