Michel Bastos é visto como o substituto de Kaká. Mas prefere outra posição

A versatilidade faz de Michel Bastos o substituto de Kaká no São Paulo atualmente. E justamente no momento em que dirigentes defendem tese de que um novo reforço não precisa ser contratado após a saída do meia para os Estados Unidos. No entanto, há um problema: Michel prefere atuar em uma outra posição no campo.

A preferência é pela meia direita, justamente a oposta de Kaká, e que atualmente é ocupada por Paulo Henrique Ganso. Por lá, Michel Bastos jogou nos dois últimos anos no futebol europeu, quando defendeu a Roma-ITA e o Schalke 04-ALE. O pedido para atuar pelo lado direito foi feito a Muricy Ramalho logo que o atleta chegou ao São Paulo, em agosto.Só que as oportunidades neste setor foram poucas.
“Aqui eles sabem qual a minha posição preferida. Só que em uma conversa me coloquei à disposição do Muricy para jogar em qualquer lugar pensando em ajudar a equipe. Agora, é ele (Muricy Ramalho) quem define”, disse Michel Bastos.Em três recentes jogos como titular na meia direita, Michel Bastos teve participações decisivas, com o São Paulo vencendo os confrontos. Ele fez o gol da vitória por 1 a 0 contra o Huachipato, no Morumbi, e marcou outro no triunfo por 3 a 2 no jogo de volta, no Peru, ambos pela Copa Sul-Americana. Na última exibição como titular na meia direita, deu assistência para o gol de Paulo Henrique Ganso na vitória por 2 a 1 contra o Bahia, no Morumbi, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Quando o Ganso joga comigo, a gente alterna o lado. Todo jogador tem sua preferência em campo. Jogar na direita não é exigência, mas apenas uma preferência”, minimizou Michel Bastos.O lateral esquerdo de origem será o substituto de Kaká, suspenso, contra o Goiás. Assim, ele vai jogar pela esquerda do campo. A última vez que jogou no setor em que o camisa 8 ocupa foi no duelo contra o Coritiba, no Couto Pereira. O São Paulo perdeu o jogo por 3 a 1. Só que o gol tricolor foi de Michel Bastos.

“Acho que o papel tático que o Kaká exerce no time eu não consigo cumprir. Então me vejo mais obrigado a fazer gol, dar assistências quando jogo por ali”, destacou Michel, que também já atuou na lateral esquerda quando Alvaro Pereira ficou fora do time, contra o Botafogo, Flamengo, Grêmio e Atlético-PR.
A versatilidade de Michel é constantemente elogiada por Muricy e dirigentes do clube. A característica o deixa bem cotado para liderar um rodízio de jogadores em substituição a Kaká. Contratar um jogador para a função do camisa 8 não é o plano atual.
“É complicado trazer jogadores renomados por conta do custo. Não é nosso perfil. A ideia não é ter um substituto, e sim um conjunto para substituí-lo. Basta ver como o São Paulo tem atuado, cada hora com um jogador diferente”, disse o presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, ao ser questionado sobre a contratação de um substituto para Kaká.
“O Michel é um jogador que tínhamos a pretensão de trazer desde janeiro. Ele tem vários atributos que nos empolgaram, como visão de jogo, postura tática, versatilidade e força. Depois que chegou ao clube, tudo tem se confirmado. Agora está buscando a identificação”, disse Gustavo Vieira de Oliveira, gerente executivo do São Paulo.
Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*