“Meu sonho de consumo é jogar sempre assim”, define Ney Franco

A satisfação do técnico Ney Franco com os 3 a 1 aplicados pelo São Paulo sobre a Portuguesa neste sábado, no estádio do Morumbi, foi visível. De acordo com o treinador, o resultado que coloca o Tricolor a apenas três pontos do G-4 do Campeonato Brasileiro é mais uma referência para a reta final da competição.

“Entramos com a missão definida do que fazer com e sem a posse de bola. É um jogo como referência para nós e se conseguirmos jogar assim contra o Cruzeiro (no próximo final de semana) aumenta nossa possibilidade. Nesse padrão, nesse nível, jogamos de igual para igual contra qualquer rival. É meu sonho de consumo é jogar sempre assim”, discursou o treinador após o apito final de Paulo César de Oliveira.

Na preleção, com a intenção de exibir aos comandados pontos positivos e negativos do time, Ney mostrou trechos de duas partidas anteriores no Campeonato Brasileiro: os 4 a 0 aplicados sobre o Flamengo no Morumbi e o empate por 0 a 0 contra o Santos: “Contra a Portuguesa foi um jogo com todos os jogadores querendo jogar, querendo fazer e tomara que no próximo domingo consiga jogar nesse mesmo nível”.

Apesar dos elogios ao resultado final, Ney Franco não deixou de alertar para a queda de rendimento da equipe nos minutos finais do primeiro tempo, quando a Portuguesa conseguiu o empate e esboçou reação. Na visão do treinador, a primeira linha de quatro da defesa se distanciou da linha de três do meio-campo e deu espaço ao adversário.

“Até os 25 minutos jogamos com a proposta de três atacantes e dois meias, e a gente conseguiu essas linhas próximas e o encurtamento de espaços. Com isso, os atletas estavam próximos e dava pra fazer trabalho de passe sem erros. Depois, essas linhas começaram a ficar distantes, mas corrigimos”, explicou Ney Franco, antes de concluir: “Fizemos uma bela partida coletivamente e individualmente alguns jogadores se destacaram”.

Fonte: Gazeta Esportiva – Foto: Vipcomm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*