Menino de ouro, Rodrigo Caio vira esperança do São Paulo até no ataque

O posto de principal jogador do São Paulo até o ano passado pertencia ao goleiro Rogério Ceni e tinha o atacante Luis Fabiano como um “reserva” de luxo na função. Com a saída de ambos, o meia Paulo Henrique Ganso assumiu o protagonismo, mas logo foi vendido para o Sevilla.

Agora, cabe a um zagueiro liderar tecnicamente o Tricolor. Não se trata nem do ídolo Lugano e tampouco Maicon, que conquistou a simpatia da torcida com suas boas atuações no início de sua trajetória, mas sim de Rodrigo Caio, esperança da equipe atrás e até no ataque.

O defensor é um dos únicos jogadores do elenco que já fez gol no clássico contra o Corinthians, adversário do próximo sábado, às 19h30, no Morumbi. Ele marcou de cabeça, sua especialidade, na vitória por 3 a 2, no Paulistão de 2014. Além dele, somente o meia Cueva, de pênalti, no primeiro turno do atual Campeonato Brasileiro.

Campeão olímpico, valorizado dentro do clube e convocado por Tite para os jogos contra Argentina e Chile, nos próximos dias 10 e 15 de novembro, Rodrigo Caio vive seu melhor momento. Isso ajuda a explicar por que o São Paulo, apesar de amargar a 12ª posição na tabela e ainda correr risco de rebaixamento – precisa de uma vitória nos próximos cinco jogos para escapar –, tem a quarta melhor defesa do Brasileirão, atrás apenas de Atlético-PR (6º), Santos (3º) e Palmeiras (líder).

Rodrigo Caio Corinthians x São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)Rodrigo Caio comemora gol contra o Corinthians, em 2014 (Foto: Marcos Ribolli)

Contra o América-MG, na última segunda-feira, Rodrigo Caio teve duas chances de marcar de cabeça, mas errou. É dos jogadores mais inconformados com esse tipo de lance, o que lhe dá pontos com comissão técnica e diretoria. Todos, aliás, já resignados com a ideia de ter que negociar o zagueiro, revelado pelo clube em 2011, na próxima janela de janeiro, ou no máximo no meio do ano que vem. Há pelo menos 10 interessados, segundo o São Paulo.

Na última quarta-feira, Rodrigo Caio viveu dia especial no CT da Barra Funda. Ele recebeu a visita de Rogério Micale, seu técnico na conquista da medalha de ouro olímpica neste ano. E ganhou mais elogios.

– O Rodrigo é um cara que extrapola qualquer relação entre jogador e treinador. Nos tornamos amigos com uma cumplicidade muito grande. Gosto do Rodrigo, gosto de estar junto e conversar com ele, porque é um garoto com a cabeça muito boa.  Ele é extremamente profissional, um verdadeiro líder e tem muita qualidade. É até difícil explicar. Mas é sempre um prazer encontrar pessoas como ele – afirmou o treinador.

 

Fonte: Globo Esporte

4 comentários em “Menino de ouro, Rodrigo Caio vira esperança do São Paulo até no ataque

  1. No sao paulo a maxima de que melhor defesa o ataque nao funciona, que adianta tomamos pouco gol, mas perdemos os jogos e por isso que estamos colados com o Z-4, nao acho merito nenhum, preferia ter o melhor ataque ou segundo melhor ataque do que defesa pq ai sim estariamos ganhando os jogos.
    E nao vejo culpa nos atacantes que temos, é que alem da afobação de cada um deles nao sao artilheiros natos, matadores como o tal de calleri esse sabia fazer gols, e pior nao temos nosso grande meia, demoramos tanto para ter um e quando tinhamos ele foi embora e a diretoria nao se preparou para perde-lo e hj estamos ai na seca, e quem poderia pelo menos amenizar a coisa nao quer jogar bola, Migue Bosta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*