Médico minimiza temor com chance de Ganso só jogar em 2013

O fato de o fisioterapeuta do São Paulo, Luiz Rosan, não descartar a possibilidade de Paulo Henrique Ganso estrear apenas em 2013 não significa que o clube tenha encontrado mais dificuldades do que esperava no processo de recuperação do atleta.  Quem explica é José Sanchez, médico do Tricolor.

– Conversei com o Rosan e ele não falou isso (que teme pelo retorno de Ganso só no ano que vem). O que ele disse é que não há pressão de ninguém para que a recuperação seja acelerada e o jogador atue nesse ou naquele jogo. No São Paulo nunca há essa pressão. O Ganso vai voltar quando estiver totalmente recuperado. Ele foi mal interpretado – disse Sanchez, ao LANCENET!.

De acordo com o médico, Rosan quis dizer apenas que a diretoria do clube dá toda a liberdade para que os profissionais que estão cuidando da lesão na coxa esquerda de Ganso só o liberem quando estiver em plenas condições, mesmo que isso só aconteça em 2013, o que não é o mais provável.

O departamento médico do Tricolor, como de costume, não divulga uma previsão oficial para o retorno. Já Rene Abdalla, que comandou os exames do camisa 8 logo após a assinatura do contrato, acredita que ele tenha condições de jogo na segunda quinzena de novembro. Essa conta já inclui o período de preparação física que será necessário após a liberação clínica.

Como o jogador tem também um desequilíbrio muscular na perna direita, a cautela é grande desde o início. Por outro lado, ele já foi inscrito na Sul-Americana.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*