Marin rebate reclamação do São Paulo: ‘Ninguém obrigou a viajar’

O presidente da CBF, José Maria Marin, atacou o São Paulo nesta sexta-feira por conta da discussão em relação à maratona de jogos a ser enfrentada pelo time no Brasileiro. Na argumentação dele, o clube quis fazer a viagem e agora tem , que arcar com as consequências da excursão.

“Ninguém obrigou o São Paulo a viajar. Não obrigamos ninguém”, contra-atacou o dirigente da confederação ao rebater as reclamações do clube, que pediu a alteração na tabela para evitar o excesso de jogos.

O São Paulo realizou recentemente viagem pelo exterior, onde fez jogos na Alemanha, Portugal e Japão.

Pelo cronograma de partidas são-paulinas, serão quatro jogos em oito dias. Por isso, o técnico Paulo Autuori já reclamou dessa maratona no início de setembro, o que gerou a requisição pela mudança de jogos.

A CBF já deixou claro que fará apenas trocas pontuais de jogos, sem ajeitar todo o Nacional o que implicaria em uma extensão do campeonato. Isso é inviável porque afetaria a próxima temporada do futebol nacional.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “Marin rebate reclamação do São Paulo: ‘Ninguém obrigou a viajar’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.