Marco Aurélio Cunha usa Câmara para ilustrar momento político do São Paulo

O vereador Marco Aurélio Cunha disse durante o encontro, em uma pizzaria próxima ao estádio do Morumbi, na noite de quarta-feira, que não será mais o vice-presidente da Câmara Municipal a partir do início de 2014. Para o ex-superintendente são-paulino, sua saída no fim deste ano retrata justamente aquilo que é ideal e, na sua opinião, também falta atualmente para o clube do Morumbi: abertura.

– Vou abrir no fim do ano de qualquer jeito. Tem que rodar a vice-presidência – disse Marco, interpelado por Kalil.

– Olha aí. Está vendo? Foi o que falei de rodar no São Paulo. Minha ideia é ficar um mandato, posso eventualmente ficar dois, mas não quero – disse o candidato.

Tanto o discurso de Kalil quanto o de Marco Aurélio vão contra o continuísmo. O atual presidente Juvenal Juvêncio está no comando do São Paulo desde o começo de 2006 e para o pleito do ano que vem apoia Carlos Miguel Aidar, ex-presidente do Tricolor que ficou como mandatário entre os anos de 1984 e 1988.

Um comentário em “Marco Aurélio Cunha usa Câmara para ilustrar momento político do São Paulo

  1. Esse MAC já esta falando demais , se ele não calara a boca vou votar no Carlos Miguel Aidar , na eleição do clube , uma pessoa que fala demais não é confiavel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.