Marcelo Oliveira diz que jogar em Uberlândia será ‘campo neutro’

Com o Cruzeiro obrigado a jogar longe do Mineirão por causa de punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o técnico Marcelo de Oliveira disse que atuar no Parque do Sabiá, em Uberlândia, contra o São Paulo, torna o campo neutro em função da proximidade com o estado de São Paulo.

“Em relação a jogar fora é de se lamentar. Obviamente, porque esse jogo é em função de uma punição, uma situação da nossa própria torcida. O Cruzeiro tem um aproveitamento muito bom no Mineirão. Então, torna o campo neutro”, afirmou o treinador, que mesmo assim vê a obrigação de o time conquistar os pontos por ser o mandante.

Talvez o motivo de maior lamentação para Marcelo Oliveira seja justamente pela força do Cruzeiro atuando no Mineirão. No estádio, a equipe possui ótimo aproveitamento desde a sua reinauguração no ano passado, tendo conquistado 87,38% dos pontos disputados. Foram 31 vitórias, quatro empates e duas derrotas até o momento, uma delas para o próprio São Paulo.

Somente nesta temporada, a equipe ainda não perdeu no Gigante da Pampulha em 12  jogos disputados. Por isso, o treinador lamenta não poder contar com essa arma na estreia do Cruzeiro como mandante no Brasileirão.

“Sair do Mineirão é um aspecto de dificuldade. A estatística indica o Cruzeiro muito forte. Lá (no Parque do Sabiá) se torna neutro e com possibilidade de mais torcedores do São Paulo. Porém, a confiança é a mesma e vamos procurar jogar atacando muito e marcando sempre”, destacou.

A missão do time celeste é de superar o retrospecto recente, que é ruim no Parque do Sabiá e diante do São Paulo. O time não vence em Uberlândia há quatro partidas e não triunfa sobre o tricolor paulista jogando como mandante há quase dez anos, o último resultado positivo foi em 2004. Para quebrar os tabus, Marcelo Oliveira aposta em neutralizar os pontos fortes do adversário e a trinca formada por Paulo Henrique Ganso, Alexandre Pato e Luis Fabiano.

“O São Paulo é forte em qualquer momento, pela camisa, tradição e jogadores que têm. Eles iniciaram o ano muito bem, apesar de terem perdido na Copa do Brasil, que é uma competição bem distinta, porque o adversário ganha uma sobrevida por jogar ao lado da sua torcida. Na estreia do Brasileiro, eles fizeram um bom jogo”, disse o comandante celeste, referindo-se à vitória por 3 a 0 sobre o Botafogo.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.