Mais um: Caique renova contrato com o São Paulo

Depois de estender os vínculos de Lucas Perri, Liziero e Helinho, na noite dessa segunda-feira foi a vez do São Paulo anunciar a renovação do contrato do atacante Caíque. Aos 19 anos, o jogador estreou nos profissionais em janeiro e fez sete jogos até aqui, sem marcar nenhum gol. Seu vínculo com o clube do Morumbi terminaria no fim da atual temporada, mas foi estendido até 30 de junho de 2022.

“Estou feliz com a renovação. Cheguei ao clube ainda garoto, aos oito anos de idade, e estou muito feliz com a oportunidade de integrar o elenco principal”, comentou o atacante, em entrevista à SPFCTV.

“Foi uma caminhada longa para chegar até aqui, passei por todas as categorias e cumpri uma série de etapas neste processo de formação. Agora, neste novo momento, quero conquistar o meu espaço e retribuir todo o incentivo do clube, que sempre me ajudou”, completou.

Caíque ainda está em processo de amadurecimento e preparação dessa fase de adaptação ao futebol profissional, mas chega com um histórico de respeito pela base são-paulina, onde se tornou multicampeão e garimpou até convocações para a Seleção Brasileira Sub-15 e Sub-17.

“Minha formação toda foi no São Paulo, mas continuo aprendendo diariamente. Trabalhar com os jogadores mais experientes também contribui bastante neste meu início de trajetória no elenco principal. Ao lado dos meus companheiros, quero conquistar a Sul-Americana e o Campeonato Brasileiro este ano”, finalizou.

 

6 comentários em “Mais um: Caique renova contrato com o São Paulo

  1. Paulo, você sabe dizer exatamente em que consiste a expressão “período de adaptação” que um jogador passa quando sobe ao profissional? A nós parece que simplesmente é colocado junto aos outros e fica por conta de cada um o que fazer nos profissionais.

  2. Parabens, mais uma promeço com gratidão ao SP, mas que adianta renovar com elas se o nosso treinador só coloca em campo boi cansado, ex em atividade ou bagaço de laranja que deu suco e manda os jogadores da base de volata para a ba\se

  3. Não é tão badalado quanto era o Marquinhos Cipriano, mas é sem dúvida uma promessa. Ele se enquadra no patamar do jogador moderno, multifuncional. Pode atuar na lateral ou nas beiradas do ataque. Funciona bem tanto na direita como na esquerda. É jovem e tenho certeza que vai “vingar”. Boa sorte garoto… que está no clube desde os 8 anos de idade. Identidade total…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*