Luis Fabiano será denunciado pelo STJD e pode ficar 12 jogos fora

Luis Fabiano, do São Paulo, será denunciado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) pelas ofensas ao árbitro Elmo Resende Cunha, na partida do último domingo contra o Atlético-MG. Segundo o procurador-geral STJD, Paulo Schmitt, o atacante são-paulino será denunciado em dois artigos e poderá pegar uma pena de até 12 jogos.

“São dois artigos, o 243F, que pune a ofensa à honra, e o 258, que trata de reclamações desrespeitosas. As penas devem ser acumuladas, depende do que o tribunal decidir”, afirmou Schimitt ao UOL Esporte.

Após expulsar Luis Fabiano, o árbitro Elmo Resende Cunha, relatou na súmula xingamentos e até ameaça de agressão do atacante. “Aos 40 minutos do segundo tempo, expulsei de campo de jogo, em decorrência do segundo cartão amarelo, o atleta Luis Fabiano Clemente nº 09 do São Paulo, por ter reclamado domingo dizendo as seguintes palavras; “Porra, marca só uma seu m…Tá inventando desde o início, é muito fraco”. Após o jogador receber o cartão amarelho, o mesmo continuou: “Seu fdp, você é um viado, dá vontade de meter um soco na tua cara, seu vagabundo, te encher de pancado”, escreveu o árbitro na súmula divulgada nesta segunda-feira pela CBF.

Luis Fabiano foi expulso quase nos acréscimos da partida deste domingo contra o Atlético-MG (vitória por 1 a 0 no Morumbi) por reclamar de uma falta de Ronaldinho Gaúcho em um companheiro de equipe.

Além da suspenção, Luis Fabiano pode ser sancionado com uma multa. O artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva prevê pagamento de R$ 100 a R$ 100 mil pelo atleta punido.

O diretor jurídico do São Paulo, Kalil Rocha Abdalla, não acredita que Luis Fabiano receberá uma pena tão grave, com suspenção de até 12 jogos. “O normal é que nunca seja a pena máxima. O que nós vamos fazer é tentar desqualificar o artigo, mudar. O atleta não tem antecedentes nesta competição, nem foi algo tão grave para um período tão longo de punição”, defendeu o dirigente.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*