Luis Fabiano reconhece mau momento na carreira

Todos no São Paulo apostam em um nome para conseguir a classificação diante do Atlético-MG, nas oitavas de final da Copa Libertadores: Luis Fabiano. Após cumprir suspensão de quatro jogos por xingar o juiz, o atacante está de volta e poderá reforçar o ataque da equipe de Ney Franco. O jogador reconhece internamente que não vive um bom momento na carreira em conversa particular com o técnico e quer usar o grande jogo desta quarta-feira para dar a volta por cima.

Abalado com a perda do pênalti que desclassificou o São Paulo na semifinal do Paulista, diante do Corinthians, o atacante ouviu de seu comandante palavras de conforto baseadas no seu passado vitorioso. A ideia do treinador foi mexer com o psicológico do goleador.

“Eu tive uma conversa com o grupo e uma em especial com Luis Fabiano. Eu quis lembra-lo de alguns feitos que ele já teve, sempre o lado positivo. O negativo está à tona, todo mundo vê e ele concorda com isso. Ele sabe disso. Eu fiz o trabalho de relembrar ele dos momentos de alegria, do índice de gols alto vestindo a camisa do São Paulo. Ele é a grande esperança de gols, de assumir a responsabilidade”, explicou o comandante.

Além de perder o pênalti no último domingo, Luis Fabiano teve problemas com lesão na panturrilha e ficou de fora do time nos momentos decisivos da Libertadores. Isso sem contar a final da Sul-Americana, da qual ele ficou fora após tentar agredir um rival argentino no jogo de ida.

Com sua volta, Ney Franco não espera um líder dentro de campo. Segundo ele, Luis Fabiano estará em campo somente para fazer gols e para comandar a volta por cima que, segundo ele, acontecerá nesta quarta-feira.

“O Luis está aí para fazer gols. Ele não vai ser um líder em um momento de união. Ele é um jogador que vemos como homem de decisão. Outros jogadores vão fazer o papel do Lúcio, como é o Rogério Ceni, o Tolói, mesmo sendo um jogador novo, e Jadson, mesmo não sendo um cara que conversa muito. O Luis é um homem de chegada e queremos ele em uma numa espetacular”, completou o treinador.

Luis Fabiano não tem certeza de quem será seu companheiro de ataque. A comissão técnica tem a confiança de que Osvaldo, com dores na cintura, terá condições de jogo. Caso ele não entre, Douglas surge como opção, seguidos por Wallyson e Silvinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*