Luis Fabiano garante que lideraria artilharia se jogasse mais vezes

Com um gol a menos do que Fred e Bruno Mineiro, principais matadores do Campeonato Brasileiro, Luis Fabiano não tem dúvida que estaria no topo da artilharia se não tivesse tido tantos problemas de lesão. Na vitória de sábado por 3 a 0 sobre o Palmeiras, ele deixou sua marca duas vezes.

“Confio muito no meu potencial. Infelizmente tenho participado muito pouco dos jogos por alguns probleminhas que venho tendo. Mas, com certeza, se tivesse disputado mais jogos, a história seria diferente”, disse o jogador, ainda no Morumbi.

Das 28 rodadas disputadas, o camisa 9 do São Paulo atuou em apenas metade e fez 13 gols (0,92 por jogo). Uma média que o levou de volta à Seleção Brasileira recentemente. Na mais recente convocação, no entanto, foi cortado por lesão na coxa direita.

Na opinião de Ney Franco, trata-se de um jogador realmente diferenciado e que faz falta quando é desfalque. “Ele faz o papel de referência com muita qualidade e sabe fazer gols. É um jogador de área que todo adversário respeita”, avalia o treinador, descontente somente por não tê-lo sempre em campo.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Inspirado, Luís Fabiano decidiu mais um clássico no Campeonato Brasileiro e lamenta jogar pouco no ano

É provável que o goleador seja preservado de algumas das dez rodadas restantes da competição nacional, principalmente se o time for avançando de fase na Copa Sul-americana, cujo título também garante classificação para a próxima edição da Copa Libertadores.

 

Com 46 pontos, quatro abaixo do G-4 do Brasileiro, o São Paulo volta a campo na quarta-feira, diante do Vasco, concorrente direto pela quarta colocação da tabela. De folga neste domingo, o elenco se reapresenta aos trabalhos na tarde de segunda-feira.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*