Luis Fabiano cumpre “trato” e oferece gols a Juvenal e Adalberto

Jogador são-paulino que mais vezes marcou contra o Vasco, Luis Fabiano provou na noite desta quarta-feira seu histórico de carrasco da equipe carioca e fez dois gols na vitória por 5 a 1. Gols que, ao sair do gramado do Morumbi, dedicou ao diretor Adalberto Baptista e ao presidente Juvenal Juvêncio.

“Quero dedicar os gols para duas pessoas, um para o Adalberto e outro para o Juvenal, que fizeram um trato comigo e agora vão ter de cumprir”, falou o jogador, em tom de brincadeira.

Mais tarde, enquanto deixava o estádio, ele revelou do que se tratava. “Foi um desafio. Eles me cobraram por não ter feito nenhum gol na estreia. E eu falei que iria fazer um para cada um. Fiz dois e meio. O zagueiro deles me tirou um”, falou o são-paulino, referindo-se ao gol contra do vascaíno Luan.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Luis Fabiano citou a diretoria do São Paulo ao comemorar os gols que marcou na vitória sobre o Vasco

O terceiro tento seria dedicado ao vice-presidente, João Paulo de Jesus Lopes. Informado da brincadeira, o técnico Ney Franco riu e incentivou a brincadeira.

 

“Tomara que esse trato seja feito todo jogo. Um gol para o treinador, um para o preparador físico, um para cada jornalista. O que a gente sempre espera do Luis é isso”, opinou o treinador, elogioso ao artilheiro que, dias atrás, não gostou nada de ouvir de Juvenal que não era mais inegociável.

“Sou muito questionado às vezes, mas sei do que sou capaz, sei do meu potencial. Quando o time perde, não presto, a culpa é minha. Quando ganha e eu faço gol, eu presto. Minha vida no São Paulo sempre foi assim”, concluiu o camisa 9.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*