Luis Fabiano agradece Lucas por dividir responsabilidade de decisão

Como o próprio Luis Fabiano admitiu, a noite de quinta-feira não foi boa para o camisa 9 do São Paulo, que perdeu chances claras de gol. Lucas, porém, apareceu em uma jogada individual e um chute cruzado aos 44 minutos do segundo tempo para dar ao time a vitória por 1 a 0, no Morumbi, na primeira semifinal da Copa do Brasil. Redes balançadas para alívio do centroavante: há alguém para repartir tantas cobranças.

“Fico feliz porque, quando eu não puder decidir, o time conta com outros que podem ajudar”, comemorou Luis Fabiano, sem fugir em seu discurso da missão de ser goleador. “Minha responsabilidade é a mesma sempre, independentemente de perder gol ou não. Espera-se muito do Luis Fabiano”, apontou.

Lucas, contudo, salvou a noite. Embora prefira não assumir nenhuma artilharia. “Fico feliz. Sempre falei que não sou fazedor de gols, sou um cara que chega com a bola dominada para servir os atacantes e que gosta de ajudar o time a vencer. Mas é claro que, quando você faz gol, fica mais contente, ainda mais em um jogo decisivo, uma semifinal. É uma emoção diferente”, confessou o camisa 7.

O mais importante para a dupla é que a equipe seja vitoriosa, o que tem sido possível pela presença de ambos, mais frequentemente com a bola colocada nas redes em finalização do camisa 9. O que nenhum dos dois aceita é a definição de que o Tricolor paulista é dependente deles dentro de campo.

 

“O São Paulo tem um conjunto muito bom, por isso temos vencido as partidas. Mas é claro que cada jogador tem sua função e procura contribuir com sua parte. Pude ser feliz e ajudei, mas o grupo está de parabéns. Não fossem os companheiros, com certeza eu não teria feito aquele gol”, discursou Lucas.

Emerson Leão, por sua vez, sabe da importância dos dois. Tanto que disse a Lucas enquanto o jogo estava 0 a 0 que a vitória viria na jogada individual dele ou de Luis Fabiano. Na quinta-feira, foi o camisa 7 que decidiu. Na quarta-feira, no segundo e decisivo confronto das semifinais da Copa do Brasil no Paraná, o centroavante espera aproveitar melhor suas oportunidades.

“Se perdi gols é porque não estava em um bom dia. E é normal um atacante perder gols. Prefiro perder dez e continuar tentando do que não tentar. Se não saiu neste jogo, com certeza pode sair na próxima quarta-feira”, apostou Luis Fabiano.

Fonte: Gazeta  Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*