Lugano usa polêmica com Dedé para cobrar indignação com Brasileiro

O superintendente de relações institucionais do São Paulo, Diego Lugano, usou as redes sociais para cobrar a mesma indignação provocada pelo erro de arbitragem contra o Cruzeiro, pela Copa Libertadores, com os erros dos juízes no Campeonato Brasileiro.

“Gostaria que o choque e a indignação sobre o que acontecesse na arbitragem da Libertadores também acontecessem no nosso campeonato. Brasileirão só é diferente no discurso demagógico”, escreveu o dirigente em sua conta no Twitter.

Nesta quinta-feira, dia seguinte à derrota do Cruzeiro em La Bombonera, o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, pediu união entre os clubes brasileiros, para que não sejam novamente prejudicados em torneios organizados pela Conmebol.

Até o atacante Luan, do Atlético-MG, se mostrou solidário com o arquirrival. Assim como o Santos, que também se sentiu lesado pela entidade sul-americana.

O ex-zagueiro, por sinal, será julgado nesta sexta-feira pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por “invadir local destinado à equipe de arbitragem” durante o intervalo do duelo com o Fluminense, no Morumbi.

Na ocasião, ele reclamou com Dewson Freitas pela expulsão de Diego Souza. Enquadrado no artigo 258, o dirigente pode pegar um gancho de 15 a 180 dias.

Líder do Campeonato Brasileiro com 50 pontos, o São Paulo volta a campo neste sábado, às 16 horas (de Brasília), no Morumbi, para enfrentar o América-MG, em partida válida pela 26ª rodada do torneio nacional.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*