Lúcio reestreia no futebol brasileiro com show de carrinhos e festa da torcida

Foram 13 anos afastado dos gramados brasileiros. Neste sábado, o zagueiro Lúcio reestreou jogando em casa e foi muito celebrado pela torcida são-paulina na vitória da equipe por 2 a 0 em cima do Mirassol, na estreia do Paulista, no Morumbi com público acanhado.

Concentrado e exercendo bastante o papel de liderança no setor defensivo, Lúcio deu show de carrinhos e ouvia a comemoração dos poucos torcedores a cada lance de defesa seu como se fosse um gol.

No primeiro tempo, ele chegou até a ensaiar uma tabelinha com Luis Fabiano, mas não conseguiu comemorar porque a bola foi barrada pela zaga do Mirassol. Outro lance que chamou a atenção da torcida foi uma dura que o pentacampeão deu no seu adversário, que tentou simular uma falta na entrada da área de Rogério Ceni.

Com salário no teto tricolor, perto dos R$ 400 mil, e dois parceiros bancando regalias extras, como um carro de luxo, Lúcio ganhou o status de insubstituível no time de Ney Franco. O próprio treinador, aliás, o definiu como um capitão sem faixa, já que Rogério Ceni é o dono da tarja.

Atualmente ao lado de Rhodolfo, Lúcio deve ganhar a parceria de Rafael Tolói com o decorrer da temporada. A dupla ainda não pôde entrar em campo porque Ney Franco quer manter as características de seus jogadores para este início de temporada, especialmente para a pré-Libertadores, diante do Bolívar.

Tanto Tolói como Lúcio têm por característica atuarem pela direita. Com os treinos, o mais jovem deve passar a jogar na esquerda, no lugar que hoje é de Rhodolfo.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*