Lúcio já visa seleção ao se apresentar no São Paulo

O São Paulo apresentou nesta quarta-feira o pentacampeão Lúcio. O zagueiro de 34 anos chega para dar experiência para a defesa da equipe do Morumbi e é um sonho antigo da diretoria tricolor. A realização dele, aliás, só foi possível graças à rescisão de contrato entre o insatisfeito atleta e a Juventus, da Itália, time onde ele só atuou em quatro partidas nos últimos cinco meses. Essa falta de ritmo, no entanto, não o atrapalhará.

Segundo ele, o grupo reduzido do time de Turim faz com que todos os atletas tenham um ritmo intenso de treinamento. O zagueiro ainda afirma que testes físicos na Juventus mostram que ele está em ótima condição de jogo. Até mesmo a seleção brasileira já passa a ser alvo para ele.

“Na Juventus, no início da temporada, eles insistiram muito para eu ir, mas eu não fui aproveitado da forma que eu esperava. Eu dei minha contribuição o suficiente para a Juventus e ainda assim conquistei um título. Foi uma boa experiência, um crescimento como jogador, mas também como homem, uma nova experiência de vida”, disse o jogador, que completou.

“No futebol, as coisas acontecem muito rápido. Mas eu venho de uma escola boa, meus pais me ensinaram e as pessoas que estão ao meu redor me ajudam bastante, a ter uma vida saudável, sempre melhorar cada vez mais. A minha condição física não sou eu que estou falando. São os dados de 15 em 15 dias que comprovam isso. Eu fiquei muito feliz e não esperava que estava tão bem, porque a gente treinava até menos na Internazionale”.

Com Luiz Felipe Scolari, o novo técnico da seleção brasileira, Lúcio era constantemente convocado e chegou até a ser capitão do time do penta. É justamente a saída de Mano Menezes que o faz acreditar que ele voltará a ter chance de vestir a amarelinha e, quem sabe, jogar a quarta Copa do Mundo (já disputou os mundiais de 2002, 2006 e 2010).

“O meu desejo é o mesmo dos outros jogadores. A minha vontade e o meu sonho é o mesmo daquele novembro, onde foi aqui no Morumbi o meu primeiro jogo pela seleção brasileira. É dentro de campo, no trabalho do dia a dia, que se mostra capacidade para voltar à seleção brasileira. Eu respeito a decisão do treinador, mas não posso esconder que quero voltar à seleção”, disse o jogador.

Lúcio assinou contrato de dois anos e é visto como ponto fundamental na zaga a partir de agora. O setor era um local que incomodava o presidente, Juvenal Juvêncio, que não foi à coletiva de apresentação e foi representando pelo seu vice-presidente, João Jesus Lopes.

“Ano que vem vamos disputar pelo menos quatro competições internacionais. Por isso, a vinda de um jogador experiente, nível intelectual elevado, comportamento louvável e elogiável acrescenta muito”, afirmou o cartola.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*