Lucas Fernandes é a novidade em reapresentação tensa do São Paulo

O técnico Edgardo Bauza manteve a rotina de treinos matinais no São Paulo e levou todos os jogadores a campo na reapresentação do grupo, na manhã dessa quinta-feira. Os atletas titulares na vitória por 2 a 0 sobre o Novorizontino, na noite de quarta-feira, no Pacaembu, fizeram atividades leves e só correram em volta dos gramados do CCT da Barra Funda. A novidade foi a presença de Lucas Fernandes no treino tático realizado por aqueles que não começaram atuando no último compromisso do Tricolor. Esse foi o primeiro treino do garoto com os profissionais desde que foi inscrito na disputa da Copa Libertadores.

Destaque na disputa da Copa São Paulo de Juniores, Lucas Fernandes é um meia-atacante de 19 anos e possui contrato com o Tricolor até o final de 2018. A presença do jovem nos treinos era esperada após a competição, mas teve de ser retardada para o time sub-20 disputar a Copa Libertadores da categoria. Foi de Lucas Fernandes o gol do título do torneio continental, conquistado após uma vitória por 1 a 0 sobre o Liverpool-URU.

Após o sucesso nas competições da base, a comissão técnica são-paulina resolveu dar uma chance ao garoto e inscreveu o seu nome na fase de grupos da Libertadores. As características de Lucas Fernandes permitem que ele substitua Ganso na armação das jogadas ou atue aberto pelos lados, em função semelhante à de Michel Bastos e Centurión nos últimos jogos.

Clima quente – O zagueiro Lyanco e o atacante Calleri se estranharam nas movimentações dos reservas. O defensor aparentemente não gostou de uma entrada do argentino durante o treino tático e tentou revidar durante uma disputa de bola. Bauza percebeu a tensão entre os atletas e levantou os braços, sinalizando para a atividade continuar. No lance seguinte, Calleri partia em direção ao gol com a bola dominada e levou um tranco por trás de Lyanco. Com o argentino no chão, Bauza apitou uma falta e desaprovou a conduta. O auxiliar do argentino, Bruno Militano, também gesticulou e pediu para que as provocações tivessem fim.

Após o encerramento das atividades, Bauza se aproximou de Lyanco e pediu explicações sobre as duas entradas. O zagueiro de 19 anos mostrou a panturrilha ao treinador e parecia reclamar de um lance durante os trabalhos. O técnico argentino balançou a cabeça, como querendo dizer para o defensor maneirar nas faltas durante os treinos, e se despediu do jogador com um tapa nas costas.

3 comentários em “Lucas Fernandes é a novidade em reapresentação tensa do São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*