Lua de mel entre São Paulo e Osorio chega ao fim, mas ele segue com crédito

São Paulo e Juan Carlos Osorio “casaram-se” há três semanas e mantêm desde então uma relação saudável, de admiração mútua. O período de lua de mel, que teve direito a liderança do Campeonato Brasileiro, porém, acabou. É hora de encarar o dia a dia inerente de toda relação.

O fim da simbólica viagem de núpcias veio com o empate diante do Avaí, no último domingo. As mudanças feitas pelo técnico, como o esquema com três zagueiros, não surtiram o efeito esperado, e culminaram no primeiro gol sofrido em três jogos. Detalhe: saiu aos 44 minutos do segundo tempo. Não gerou uma DR (discutir a relação), mas as críticas foram inevitáveis.

O 1 a 1, que tirou o time da liderança, foi a passagem de volta para a realidade, mas o cenário de que nem tudo são flores já se desenhava durante a semana passada. Na sexta-feira, Osorio admitiu desconforto pela indefinição do elenco. O clube acertou a venda de Rodrigo Caio, Paulo Miranda e Denilson. Após o jogo, perguntado sobre o mesmo tema, mostrou-se descontente.

– É muito frustrante trabalhar assim, sem saber quem está ou quem não está – declarou Osorio.

No São Paulo, há quem diga que o empate foi bom para afastar o oba-oba sobre do técnico, de postura cativante. A euforia preocupava o presidente Carlos Miguel Aidar. E agora a análise será mais crítica. É com o tempo que se conhece o parceiro.

São Paulo e Osorio ainda passam por esse processo. O frio na barriga de início de namoro permanece, mas respeito e admiração se conquista a cada dia. No próximo domingo, o time encara o Palmeiras, no Allianz Parque. Será o primeiro clássico de Osorio. Vida de casal não é fácil…

A RELAÇÃO

1ª semana

Osorio foi apresentado na segunda-feira, dia 1º de junho. Encantou a todos, de funcionários do clube a jornalistas. Virou atração. No sábado, estreou à frente do time com vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio. Só elogios.

2ª semana

Técnico passou a ter mais participação nos treinos. Implantou formas de jogo. No sábado, venceu a Chapecoense por 1 a 0, virou líder do BR e depois do jogo foi comparado a Guardiola e Mourinho por Rogério Ceni.

3ª semana

Oba-obra sobre Osorio começa a preocupar o presidente Aidar. Ao mesmo tempo, técnico fica em situação complicada com saída de atletas e faz alerta. No domingo, time empata com o Avaí e perde o topo.

4ª semana

Osorio iniciou na segunda-feira a quarta semana de treinos no São Paulo com a preocupação: dois próximos jogos serão fora de casa (Palmeiras e Atlético-PR) e pode não ter Rogério Ceni, ainda machucado.
Fonte: Lance

11 comentários em “Lua de mel entre São Paulo e Osorio chega ao fim, mas ele segue com crédito

  1. Puro sensacionalismo,pq empatou um jg em casa,é o fim do Mundo???Imagina então,se perder domingo para as porcas,minha nossa,vão dizer que o SP já mandou o Osório de volta p/Colômbia,que o técnico é um lixo e que os jogadores estão fazendo corpo mole p/derrubar o técnico…Tolo é quem embarca nessas notícias sensacionalistas,uma tempestade no copo d’agua,absurdo!!!

  2. Errou, mas.é engraçado que o Burricy fazia um monte de cagadas, queimava jogador e não alterava o time de jeito nenhum e NUNCA alguém da imprensa o criticou.
    O cara foi eliminando no Morumbi pelo “poderoso” Bragantino e pelo Penapolense e mesmo assim ninguém o criticou, inclusive essa.torcida chata.

  3. Ele errou sim, mas nao é nenhuma catastrofe, espero que aprenda que nem todos jogadores que estao no elenco ele pode contar e jogam bola, espero que aprenda que Edson Silva nao presta, no maximo compor elenco nada mais, concordo que falha foi do Toloi, mas quem estava na frente da bola quando o Andre chutou era o cabeçao, que por baixo ele é nao é ruim é muito ruim.
    Agora é ganhar das Pepas senao a coisa pode comecar a complicar mesmo estando no começo, teremos outro jogo fora depois.

  4. Paulo RP, não te conheço, mas está claro que o jornal Lance CARREGOU NAS TINTAS nesta matéria. É impressionante como tem gente catastrofista que cai no sensacionalismo da imprensa, por causa de um EMPATE.Osorio cometeu um erro na substituição?Sim,,mas não é pra este catastrofismo todo do Lance dizer que a Lua de Mel (havia uma???) acabou! E é gozado: o Marcelo Oliveira PERDEU o jogo e não tem uma única letra na matéria do Lance que tenha o catastrofismo da matéria sobre o SP no Lance desta terça-feira. Quero relembrar uma coisa:quem falhou no gol do Avaí foi o zagueiro QUE JÁ ESTAVA JOGANDO (o Toloi) e não o zagueiro que Osorio colocou em campo!

  5. Gostei da matéria. Acho que todos estávamos encantados com a “beleza da noiva”.
    Agora, depois de acordarmos juntos e a conhecermos melhor, vamos chegando à realidade. A noiva também. Vai ter que se esmerar mais para ver seu parceiro – O SP e tudo que ele representa – mais feliz. Saber que a realidade é dura é bom para todos. O Osorio me parece ser muito inteligente e vai saber fazer dos limões (seus primeiros erros) uma boa limonada; e nós, mesmo críticos, vamos saber valorizar cada “ponto a favor” no “relacionamento”…

  6. Isto é ridículo. Notícia plantada. Imprensa imparcial e causadora de problemas. Por isso não assisto mais programa algum sobre esportes.

  7. Após uma derrota e já começam a surgir estas noticias… No brasil é assim, o técnico tem que chegar, não tem tempo pra nada e não pode perder nenhuma partida, tem que ser campeão invicto, testar elenco? mexer peças? nunca, somente no treino onde ninguém vai ver, no jogo não pode fazer alteração nenhuma, tem que entrar com um time e ficar com ele até o fim, assim é menos chance de ser criticado caso alguma ciosa saia errada, a critica por uma alteração ruim é muito maior e mais aguda do que ser taxado de teimoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.