Lesão no tornozelo pode tirar Breno da equipe titular no São Paulo

Após um retorno triunfal e uma boa atuação na vitória por 2 a 1 diante do Grêmio, o zagueiro Breno pode perder mais uma vez a chance de engatar uma sequência de jogos. O jogador não conseguiu se recuperar de uma torção no tornozelo esquerdo sofrida no decorrer da partida do final de semana e ficou fora do treino realizado pela equipe na manhã desta terça-feira, no CCT da Barra Funda.

De acordo com informações do clube, o defensor se reapresentou na segunda-feira apresentando bastante inchaço no local, mas, como os titulares fizeram apenas recuperação muscular, ficou no Reffis sem problemas. A expectativa era que a situação melhorasse, mas a evolução da contusão não foi boa. A ideia, contudo, é que ele ao menos consiga estar em condição de ser relacionado para a partida de quinta, às 19h30, contra a Chapecoense, no Morumbi.

Caso o ex-Bayern seja realmente sacado do time titular, o atleta perderá outra oportunidade de emendar uma sequência de jogos com a camisa tricolor. Após estrear no clássico contra o Corinthians, no dia 9 de agosto, atuando por cerca de 30 minutos, ele iniciou o duelo e teve boa atuação contra o Figueirense, em Santa Catarina, no dia 12, no triunfo por 2 a 0.

No terceiro jogo da série, porém, Breno não conseguiu ficar até o final. Diante do Goiás, no dia 15, logo aos três minutos de bola rolando, estirou o músculo posterior da coxa esquerda e deixou o gramado já com a certeza de que ficaria um bom tempo fora. Depois de quase um mês, jogou a maior parte do duelo ante o Grêmio. No segundo tempo, entretanto, correu para afastar bola rebatida por Renan Ribeiro e acabou sofrendo a entorse.

O que chama atenção neste curto período de tempo em que esteve em campo é a eficiência de Breno na proteção à zaga: com ele em campo, a defesa são-paulina não foi vazada nem uma vez. Os gols que a retaguarda sofreu ante Corinthians e Goiás, por exemplo, saíram ou antes de sua entrada ou depois de sua saída do gramado.

Sem o atleta, o técnico Juan Carlos Osorio trabalha com algumas opções para a cabeça de área. Wesley pode entrar na equipe, recuando Thiago Mendes para a função. Rodrigo Caio também pode ser adiantado, abrindo uma vaga na defesa. Hudson, que poderia ganhar a chance, segue com dores na coxa direita e não treinou, assim como o meia Wilder. Ambos devem aumentar a soma dos desfalques.

Lyanco, de apenas 18 anos, que já foi designado para a posição ao entrar diante da Ponte Preta, vem sendo trabalhado para poder ser o reserva imediato de Breno. O garoto bateu um papo longo com Osorio ao final do treino, mas a indicação de quem deve atuar só sairá após a atividade de quarta-feira.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Lesão no tornozelo pode tirar Breno da equipe titular no São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*