Juvenal volta ao ataque e acirra ainda mais a guerra política no São Paulo

O ex-presidente Juvenal Juvêncio continua no ataque contra o atual presidente Carlos Miguel Aidar. Atuando também nos bastidores, encaminhou uma carta nominal a vários conselheiros que ele julga estarem ao seu lado, com os nomes escritos de próprio punho.

Na carta Juvenal fala sobre o “erro cometido” e diz que o São Paulo saiu dos princípios que lhe são históricos.

Abaixo a íntegra da carta:

Aproxima-se o final de mais um ano. É o momento de desejar a todos e aos seus familiares um Feliz Natal e um próspero Ano Novo!

O ano que se encerra mostrou-se eivado de dificuldades. Conhecemos as diversas facetas da complexa condição humana. Discutimos muito princípios como lealdade, gratidão e respeito. Sofremos enormes decepções.

porém, o momento exige que falemos também das alegrias. Foram significativas. Do reconhecimento inesperado daqueles que, pelos caminhos do destino, tinham de nós se afastado e que, no momento da dor da traição, retornaram para prestar solidariedade, à lealdade de alguns mais próximos, que abriram mão de posições importantes em nome do apego aos seus princípios e valores.

Quanto a mim, assumo a responsabilidade pela escolha que fiz e que afastou o São Paulo Futebol Clube dos princípios que lhe são mais caros e preciosos e peço desculpas a todos pelo meu erro. Não sinto vergonha de assumir minhas falhas. E, ciente dessa minha responsabilidade, redobrarei mais esforços e me sinto preparado para empenhar enorme força e energia para seguir lutando. Lutando por aquilo em que acredito. Lutando pelo nosso São Paulo Futebol Clube, para que retome sua linha ética e moral, que siga grande, forte e, principalmente, honrado!

Nunca interferi na administração. Nunca tomei a iniciativa de comentar sobre ela. Apenas respondi quando provocado.

Hoje, depois de tudo e mais do que nunca, reforço uma frase que eu disse no passado: “Deus me privou do sentimento de medo”. Esses dizeres nunca fizeram tanto sentido para mim.

Portanto,estejam certos de que estarei com todos e com cada um dos Senhores e Senhoras no ano que se aproxima. Juntos recolocaremos o nosso São Paulo Futebol Clube no caminho do qual nunca deveria ter se afastado.

Judas trai jesus (Marcos 14.10-11, Lucas 22.3-6)

Então um dos doze discípulos, chamado Judas Iscariotes, foi falar com os chefes dos sacerdotes. Ele disse:

– Quanto vocês me pagam para eu lhes entregar jesus?

E eles lhe pagaram trinta moedas de prata.

Estejam em Paz, tenham um Feliz natal e um próspero 2015

Juvenal Juvênci0

 

Como os leitores podem perceber, teremos muita confusão ainda pelas próximas semanas.

 

Paulo Pontes

12 comentários em “Juvenal volta ao ataque e acirra ainda mais a guerra política no São Paulo

  1. Sou a favor do Juvenal ser proibido e nunca mais poder pisar no Morumbi se continuar com esta palhaçada.
    Está só pensando nele não no SPFC. Então que fique em casa e morra de cirrose.
    A gestão dele não estava melhor do que estava agora, muito pelo contrário.
    Juvenal comandado por MPGouvea era bom sem ele, morreu. Desde a morte de MPG São Paulo sem título, então Juvenal cala sua boca e some que é o melhor que vc pode fazer.

    Já o problema do Aidar é outra coisa, escabrosa, mas que em nada tem a ver com esta disputa ridícula que este cara esta promovendo.

    Já encheu o saco!

  2. Já que torcer pelo bom senso do Juvenal fazê-lo calar a maldita boca é querer demais, vou torcer para que o câncer mesmo o faça. Não aguento mais tanta encheção de saco.

  3. Que triste sina o são-paulino tem. Parece que não tem como consertar nada no clube. A situação ganhou a eleição e deu nisso. Tivesse ganho a oposição e, pelos noticiários sobre a Santa Casa, poderia ser ainda pior.
    Aproveitando o comentário de alguém feito há uns dias: estão aportuguesando o tricolor paulista…

  4. Esse Juvenal depois de faser várias besteiras nos anos anteriores mais recentes isso porque até 2008 colheu os últimos granos do platio de coisas boas feito no início de sua gestão depois se arriscou agindo de forma desonrosa como quebra de estatuto, quase levando o poderoso Tricolor ao rebaixamento, etc. Agora agé como Capêta tentando impedir que o São Paulo conquiste títulos e o pior é que Ele parece conseguir apôio de alguns conselheiros que estão cegos e parece confudir como anjo de luz! Eu porém como torcedor sãopaulino fico na torcida para que todos os cocelheiros do Clube fique atentos da astimãias satãnica que tenta provocar desconforto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.