Juvenal quer reforçar zaga, mas reclama do salário pedido por Lúcio

Desde a derrota para o Coritiba, que tirou o São Paulo da Copa do Brasil, a diretoria promete não fazer reformulações. Mas ao menos a zaga terá novidades, e o foco é Lúcio, que se desligou da Inter de Milão. O problema está no salário exigido pelo defensor para retornar ao Brasil.

“Está difícil, está difícil. O Lúcio quer ganhar  muito. É o segundo salário na Inter, e os salários são proibitivos para o Brasil. O São Paulo não faz, por exemplo, o que o Fluminense fez com o Deco, pagando R$ 650 mil”, alegou Juvenal Juvêncio.

Emerson Leão não opina sobre reforços, mas sempre gostou do estilo do capitão da Seleção Brasileira na última Copa do Mundo – que também é cobiçado pelo Fenerbahce, da Turquia. É considerado um nome ideal para fazer companhia a Rhodolfo ou até substituí-lo, já que o camisa 4 desperta interesses de clubes europeus.

Além disso, a diretoria não gostou do resultado das contratações de Paulo Miranda e Edson Silva. “Falta, sobretudo, reforçar um pouco a zaga. O São Paulo sempre teve zagas muito fortes, não é? O passado recente nos indica isso. Então precisamos reforçá-la”, apontou o presidente do Tricolor.

E novidades para outros setores devem chegar para o período de contratações vindas do exterior entre 20 de junho e 20 de julho, apesar de o clube já ter trazido nove reforços para esta temporada. “Não é uma promessa, mas terá (reforços). Vamos, nesta janela agora, procurar reforçar aqui e acolá”, disse Juvenal Juvêncio.

 

Sem loucura nem por Adriano – Ao assegurar que não pagará o que Lúcio tem pedido, Juvenal garantiu que nunca o clube, em sua gestão, cometeu exageros financeiros. Ao ser lembrado sobre Adriano, contratado em 2008 por empréstimo da Inter de Milão, disse que, em seis meses, o atacante custou pouco e foi bem domado.

“Ele ganhava R$ 100 mil por mês. R$ 100 mil por mês! E lá (no CT da Barra Funda) mantinha a têmpera de atleta. Foi punido fortemente em uma primeira extravagância e entrou na linha. Lá e só lá”, afirmou o dirigente sobre o astro que, atualmente, é notícia por ter faltado a sessões de fisioterapia no Corinthians e no Flamengo para se recuperar de cirurgias no tornozelo esquerdo.

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Juvenal quer reforçar zaga, mas reclama do salário pedido por Lúcio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*