Juvenal ironiza vontade do Bolívar tirar jogo da Libertadores do Morumbi

A vontade do Bolívar de tirar o primeiro jogo da primeira fase da Libertadores contra o São Paulo do Morumbi virou motivo de sarro na equipe paulista. Juvenal Juvêncio, presidente do clube, ironizou o desejo dos bolivianos o levou na brincadeira, propondo que o segundo jogo, que valerá de fato uma vaga na fase de grupos, seja tirado de La Paz.

“Proponho então uma troca com eles: se eles mandarem o segundo jogo em uma cidade que não tenha altitude, a gente coloca a primeira partida num estádio à escolha deles aqui (risos)”, afirmou o dirigente do São Paulo em entrevista à Rádio Bandeirantes.

No fim de semana, um membro da diretoria da equipe boliviana declarou na imprensa local que o clube pediria à Conmebol a mudança do estádio, sob alegação de que o Morumbi não apresenta condições de segurança adequadas para receber a partida, em clara alusão aos problemas ocorridos com o Tigre (ARG) na final da Copa Sul-Americana.

“Vamos pedir a troca de estádio, já que a segurança (no Morumbi) não é das melhores “, disse o diretor esportivo do Bolívar, Jorge Iturralde, em entrevista ao site Bolívia En Tus Manos, afirmou.

Juvenal Juvêncio, como não poderia deixar de ser, defendeu o São Paulo e ressaltou a estrutura de segurança do Morumbi. Para terminar, ainda deu uma alfinetada nos rivais.

“Todos sabem que o Morumbi é seguro. Acho que eles (bolivianos) já estão adivinhando que o jogo aqui não será fácil para eles”, finalizou.

Fonte: Uol

 

Nota do PP: Modéstia à parte, mas o Juvenal Juvêncio continua um leitor assíduo do Tricolor na Web, pois esta proposta, de troca de estádios, nós fizemos aqui quando surgiu a informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*