Juvenal diz que São Paulo precisa melhorar na quarta e garante Leão

O São Paulo precisa melhorar seu futebol na quarta-feira se quiser avançar à final da Copa do Brasil. Essa é a opinião do presidente Juvenal Juvêncio, que se diz confiante, mas preocupado com o duelo diante do Coritiba.

Além de ter ficado descontente com o desempenho do time na partida de ida, no Morumbi, quando o Tricolor venceu por 1 a 0, o dirigente pediu alerta com a pressão do rival sobre arbitragem e citou a torcida como fator de desequilíbrio a favor dos paranaenses.

Em sua opinião, o São Paulo tem peso para superar os obstáculos e conseguir pelo menos um empate, ou ser derrotado por diferença mínima, desde que faça um gol, resultados que são suficientes, mas terá de jogar mais.

– O time ainda oscila, está se moldando. Jogou muito mal contra o Coritiba, foi uma coisa. Já melhorou bem no domingo (na vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG, pelo Brasileiro), mas para passar lá tem de melhorar mais – decretou.

Embora esteja com pé atrás em relação à vaga, Juvenal assegurou que o técnico Emerson Leão não será demitido em caso de eliminação. Inicialmente, o presidente classificou seu trabalho como “bastante razoável”, depois disse que o treinador tem de ser avaliado como um funcionário de qualquer outra empresa.

– Ele vai bem – resumiu.

Juvenal considerou normais as oscilações no futebol da equipe, eliminada na semifinal do Paulista, pelo Santos. Para ele, a reformulação do elenco torna demorado o processo de entrosamento. Foram oito contratações e muitos jogadores que até então eram muito utilizados saíram, casos de Dagoberto, Jean, Xandão, Marlos, Carlinhos Paraíba e Rivaldo.

– Até que todo mundo se conheça leva tempo, é complicado. Eu reformulei todo esse time. Precisamos realizar um pouco o exercício da paciência.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*