Justiça nega habeas corpus e proíbe invasores do CT de irem a jogos do SP

Doze torcedores que participaram da invasão ao CT do São Paulo no último dia 27 de agosto tiveram um habeas corpus negado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. A ação pedia que os invasores fossem autorizados a frequentar jogos e eventos ligados ao clube, mas a decisão negou todos os pedidos e manteve proibições.

Os invasores argumentaram que a proibição violaria seu direito de ir e vir e sua liberdade, e pediam que pudessem frequentar livremente os estádios enquanto não houvesse um julgamento definitivo.

O desembargador Xavier de Souza, entretanto, considerou a medida proporcional aos fatos e rejeitou o pedido, mantendo a proibição.

Foram autores do pedido Genildo da Silva, Alan Aquino de Souza, Gerson de Azevedo,             Bruno Silva Arcanjo, Lucas Carvalho da Silva e Cristovam de Almeida Americo Alves. Também são autores da ação Henrique Gomes, presidente da Torcida Independente, e Ricardo Alves, vice-presidente.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*