Justiça manda SP pagar R$ 1,8 milhão por zagueiro que deixou clube em 2015

Paulo Miranda deixou o São Paulo em 2015, mas ainda pode custar caro aos cofres do clube: uma decisão judicial publicada nesta segunda-feira dá ao Tricolor três dias para pagar ao empresário André Cury cerca de R$ 1,8 milhão pela venda do zagueiro ao Red Bull Salzburg, da Áustria.

Ao contratar o jogador, que pertencia ao Desportivo Brasil, o São Paulo cedeu, em 2011, 80% dos direitos econômicos à empresa Unique Sports, ligada ao grupo BWA. A Unique, depois, em acordo firmado com a participação do clube do Morumbi, repassou parte dos direitos a André Cury.

No final da transação, após três contratos, o clube se comprometeu a pagar R$ 2,7 milhões pelo jogador à Unique, e R$ 1,3 milhão a Cury – com as devidas correções, a dívida chegou a R$ 1,77 milhão.

A ação, que corre na 7ª Vara Cível de SP, não é a única que atinge o São Paulo –  o próprio Paulo Miranda cobrou cerca de R$ 200 mil reais, referentes a quatro parcelas de direito de imagem atrasadas de antes de deixar o clube.

André Cury ainda mantém relação com a diretoria são paulina – o agente cuida da carreira de Mena, uma das contratações feitas para esta temporada na gestão do novo presidente Leco.

O clube do Morumbi vai a campo nesta quarta-feira, quando enfrenta o Trujillanos, em busca de recuperação na Copa Libertadores.

 

Fonte: Uol

4 comentários em “Justiça manda SP pagar R$ 1,8 milhão por zagueiro que deixou clube em 2015

  1. Tanto rolo por um jogadorzinho de merda. o TÍPICO “QUEBRA-GALHO” . Jogou mais como lateral direito improvisado do que zagueiro. O clube contrata mal e sem necessidade. Quantos jogadores do sub 20 não poderiam ser aproveitados. Promoveram só o Lucas Fernandes. Foguete, Inácio, Banguelê, Joanderson, Vitor Tormena, Maidana estão estourando a idade p/ continuar no sub 20. Luiz Araújo foi emprestado p/ um timinho. Auro também. P’ra ficar no banco ou nem isto ( são 11 titulares, sete no banco e dez só p/ completar o número de inscritos no Paulista ( 28 ) ou doze na Libertadores ( 30 ) não vale a pena investir em certas “coisas” ( Kieza,Kelvin,Daniel, Wilder). . O exemplo atual do Kieza é típico. Muita burrice. Deve haver empresários e diretores envolvidos nesta merda. O empresário oferece um merda com passe de 4 milhões ( nem vou citar o nome do merda), o jogador ganha x, o empresário ganha y e um diretorzinho papa o restante.

  2. Haja dinheiro pra consertar as cagadas do Jumencio maldito e sua corja que ainda está no poder do SPFC.
    Queria ver se fosse a empresa deles se fariam tantas cagadas.
    Aliás, aquele maldito cachaceiro detonou o clube por duas vezes e deixou seus asseclas safados para continuar a destruição do SPFC de todas as formas, já que esses canalhas só estão lá pra se aproveitarem do clube, nem são paulinos devem ser, assim como aquele traste que foi pra PQP!

  3. Se estive o Abilio no comando isso aconteceria?
    Por isso que insisto em deixar o Abilio reestruturar o clube, mesmo com a proximidade dele com o Milton Cruz.
    Minha opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*