Jogadores tricolores minimizam estádio vazio: “Faz parte”

O São Paulo presenciou o pior público dos últimos oito anos nesta terça-feira, na vitória sobre o Mogi Mirim no Pacaembu: apenas 3.013 pagantes acompanharam o confronto. O lateral Bruno afirmou entender o lado da torcida pela baixa procura por ingressos, mas pediu mais apoio nos próximos compromissos.

Sao Paulo X Mogi Mirim, Paulistao 2016, Pacaembu, Sao Paulo SP, 01/03/2016, Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press
Para Denis, o importante é a postura do torcedor nas arquibancadas, e não os números (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

“Isso faz parte. A torcida também quer ganhar. Mas as coisas vão voltar ao normal. O torcedor vai vir nos apoiar. Podem cobrar que a gente vai corresponder. Que a torcida venha apoiar ou xingar também, porque o importante é estar todo mundo junto”, falou.

Já o goleiro Dênis pensa de maneira um pouco diferente do companheiro. Para ele, o importante não é o número de torcedores, e sim a postura nas arquibancadas. Em outras palavras, o arqueiro prefere poucos torcedores apoiando o jogo inteiro a um estádio lotado com a torcida protestando.

“A torcida do São Paulo vai começar a nos apoiar com as vitorias. O torcedor tem que ir ao campo para torcer e empurrar sua equipe, independente se tem pouca gente ou estádio lotado, a torcida tem que vir para ajudar a equipe”, avaliou Denis.

Sem poder jogar no Morumbi, fechado para reformas no gramado e para o show da banda Rolling Stones, o Tricolor vem mandando suas partidas em 2016 no Pacaembu. Na última partida no estádio, contra o Novorizontino, mais uma decepção de público: 3.333 pagantes. O maior público do São Paulo no ano foi no jogo de volta da primeira fase da Copa Libertadores, contra o César Vallejo (32.567 pagantes).

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Jogadores tricolores minimizam estádio vazio: “Faz parte”

  1. O torcedor é fiel ao time, e enfrenta muitas dificuldades para ir ao estádio mas não é burro, e quando não vê um elenco valente e o time todo perdido, ele pensa duas vezes antes de ir passar raiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*