Jogadores do São Paulo exaltam raça e confiança: “Não tem nada perdido”

Foram necessários 48 dias para o São Paulo voltar a vencer no Campeonato Brasileiro. O fim do jejum, fruto do sofrido triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória, na última sexta-feira, no estádio do Barradão, foi bastante comemorado pelos comandados de Diego Aguirre, que exaltaram a mudança de postura da equipe em Salvador.

“A gente precisava vencer, o momento não era favorável. Um jogo totalmente difícil fora de casa. Conseguimos uma vitória na raça, e isso dá confiança para a gente continuar tendo bons resultados”, afirmou Diego Souza.

“Sabemos que oscilamos um pouco. É melhor evoluir com vitórias do que sem elas. Temos muito a melhorar, mas a vitória dá mais tranquilidade e confiança”, frisou o zagueiro Bruno Alves, autor do gol da vitória tricolor.

O São Paulo havia vencido pela última vez no longínquo 8 de setembro, no Morumbi, onde derrotou o Bahia por 1 a 0, pela 24ª rodada. Desde então, o time sofreu uma vertiginosa queda de rendimento e amargou uma série de quatro empates e duas derrotas. Resultados que fizeram a equipe perder a liderança da competição.

“A gente sabia da importância dessa partida. Uma vitória seria um divisor de águas para nós na competição. Somando pontos, a gente volta a incomodar as equipes de cima. A gente estava precisando da vitória. Foi suada, na raça, na superação, mas estamos levando os três pontos para São Paulo”, celebrou Bruno Peres.

Com o resultado, o São Paulo garantiu a permanência no quarto lugar ao final da rodada, pois chegou aos 56 pontos, quatro a mais que o Grêmio, quinto colocado. A diferença para o líder Palmeiras, que encara o Flamengo neste sábado, no Maracanã, caiu para seis pontos.

“O Brasileiro é um campeonato muito longo, em que as equipes oscilam muito. Tivemos a infelicidade de oscilar no segundo turno, mas não tem nada perdido. Temos de continuar com o pensamento positivo”, bradou o lateral direito.

Pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo enfrenta justamente o Flamengo, no próximo domingo, no Morumbi. O volante Hudson está suspenso para o compromisso, mas acredita que a equipe pode dar sequência à sua reação.

“É importantíssimo voltar a vencer depois de seis jogos. Sabíamos que o Vitória viria para a frente. E dificultaram muito para a gente, mas é uma vitória importante para retomar um pouco da confiança e dar tranquilidade durante a semana para o time fazer um grande jogo contra o Flamengo”, declarou.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Jogadores do São Paulo exaltam raça e confiança: “Não tem nada perdido”

  1. Bons nomes, mas acho difícil. O Vanderlei e o hernanes acho mais viável. O Éverton Ribeiro não acredito que saia da corja carioca. O Tardelli fica sem contrato. O picachu parece que tá negociando e joga na lateral e na frente. Acho que deveriam trazer um zagueiro top, o hernanes, o Vanderlei ou o D. Alves pro gol, o Tardelli, é um cara top na ponta direita. Pra reserva monta um time com a base e completa com Nenê, D.souza, Rojas e etc.

  2. Bom dia tricolores!!
    Finalmente voltamos a vencer, não pude assistir ao jogo ontem por isso não vou comentar nada, mas é bom se preparar bem pois os próximos 4 jogos serão cruciais para a nossa classificação para a libertadores 2019, se conseguirmos ao menos 8 pontos nesses 4 jogos creio que estaremos garantidos, mas também precisamos iniciar as negociações para 2019, creio que necessitamos no mínimo de 1 goleiro, um LD, 2 meias e 1 centroavante, vou listar aqui alguns nomes que acho interessantes: Vanderlei, Samuel Xavier, Hernanes, Everton Ribeiro, Pablo, seria possível?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*